XX Ciclo de Teatro de Cantanhede inaugurado por Maria Rueff

No próximo sábado, dia 3 de Fevereiro, pelas 16h00, arranca o XX Ciclo de Teatro Amador do Concelho. A cerimónia, que terá lugar no auditório da Biblioteca Municipal, terá como convidada de honra a actriz Maria Rueff, que dará testemunho da sua actividade artística no âmbito de um encontro entre os membros dos dezassete grupos cénicos envolvidos no programa de revitalização da actividade teatral que o Município tem vindo a promover há duas décadas.

No decurso da sessão de abertura serão entregues diplomas de participação a todos os grupos intervenientes no ciclo de teatro.

Ciclo de Teatro Amador do Concelho de Cantanhede

O Ciclo de Teatro Amador do Concelho de Cantanhede é promovido pela Câmara Municipal para a “fomentar a revitalização da produção teatral nas comunidades locais, estimulando as associações a desenvolverem actividade nesta área através de um apoio específico para o efeito”. A edição de 2018, a vigésima, será a maior de sempre, quer quanto às entidades associativas envolvidas, que serão 17, quer no que diz respeito ao número de participantes, um total de mais de 360, entre actores e outros elementos que asseguram diversas tarefas inerentes à produção, encenação e montagem dos espectáculos.

Assim, todos os fins-de-semana, e durante cerca de dois meses, haverá a apresentação de, pelo menos, uma peça de teatro numa das 11 freguesias onde desenvolvem intervenção cultural as colectividades que vão dar corpo ao XX Ciclo de Teatro, sendo que, em algumas datas, estão previstas representações simultâneas em diferentes locais.

A iniciativa assenta num modelo de organização em que cada grupo de teatro produz e leva a cena um espectáculo na comunidade onde está sediado para depois o apresentar numa das localidades de outras associações intervenientes.

Para fazer face aos custos da preparação, montagem e representação das peças – cenários, som, luz, adereços, caracterização, guarda-roupa e transportes – a Câmara Municipal atribui a cada grupo um subsídio pecuniário, assegurando ainda o pagamento de outras despesas, designadamente as que têm que ver com a divulgação dos espectáculos e apoio logísticos aos grupos.

 

Sábado, 3 de Fevereiro, às 21h30

Grupo Cénico do Clube União Vilanovense inicia ciclo de teatro com Hotel Modelo

Depois da sessão de abertura com a participação de Maria Rueff, o Ciclo de Teatro Amador do Concelho de Cantanhede começa na Sede do Clube União Vilanovense, Vila Nova de Outil, onde o grupo cénico desta associação subirá ao palco, pelas 21h30, para apresentar Hotel Modelo, uma comédia sobre um empreendimento hoteleiro gerido por um surdo e um meio cego com a colaboração de um criado que de servir sabe pouco. É neste contexto propício a equívocos que um amor proibido enfrenta desafios inesperados.

 

GRUPOS INTERVENIENTES NO XX CICLO DE TEATRO AMADOR DO CONCELHO DE CANTANHEDE

– Grupo de Teatro Experimental “A Fonte” – Murtede;

– Grupo de Teatro, Arte e Cultura da Associação Musical da Pocariça;

– Grupo de Teatro “Renascer” do Centro Social de Recreio e Cultura da Sanguinheira;

– Cordinha d’Água Teatro do Rancho Folclórico “Os Lavradores” de Cordinhã;

– Grupo Cénico do Centro Social e Polivalente de Ourentã;

– GATT – Grupo de Teatro Amador da Tocha;

– Grupo de Teatro Amador da União Recreativa de Cadima;

– Grupo de Teatro S. Pedro – Cantanhede;

– Grupo de Teatro da ACDC – Associação Cultural e Desportiva do Casal;

– Grupo de Teatro da Associação do Grupo Musical das Franciscas;

– Novo Rumo – Grupo de Teatro de Amadores de Ançã;

– Pequenas Vozes de Febres;

– Grupo de Teatro “As Fontes do Zambujal”;

– Grupo de Teatro Musical da Filarmónica de Covões;

– O Cénico dos “Esticadinhos” de Cantanhede;

– Grupo Cénico do Clube União Vilanovense;

– Grupo de Teatro do Pedra Rija de Portunhos.