Viagem Medieval em Vila Nova

Está preparado para viajar até à idade medieval? É esta a proposta que a Companhia de Teatro e Recriação Bombarda, de Vila Nova de Outil, tem para o fim-de-semana de 14, 15 e 16 de Setembro. O evento Vila Nova Medieval está de regresso para mais uma edição, tendo como tema deste ano “A Revolta de D. Pedro”.

Assim, nestes dias é esperada muita animação num cenário diferente do habitual e recheado de surpresas.

De acordo com a Companhia Bombarda, “a tradição medieval em Vila Nova está ligada à tradição de mais de 100 anos de teatro em Vila Nova. O grupo cénico do Club União Vilanovense, por exemplo, é o grupo fundador da mais antiga feira medieval do país – a  Feira Medieval de Coimbra, que teve a sua primeira edição há 26 anos atrás”.

No fundo, explicam, “é assim que surge a parceria perfeita entre a tradição do teatro e a recriação histórica”.

Com este evento, o objectivo passar por mostrar ao público local o que a Companhia “tem feito de melhor durante o ano pelo País, assim como os espectáculos que têm levado a cena neste âmbito medieval”. Outro dos objectivos é criar “um evento único no concelho de Cantanhede, tornando-o numa das maiores manifestações culturais e de recreação histórica da zona centro”

Quem passar por Vila Nova nos dias 15 e 16 de Setembro pode realmente viver uma experiência de outros tempos, através de espectáculos de teatro e animação de rua e com fogo, personagens deambulantes, um torneio medieval de armas apeado, um acampamento militar, várias barraquinhas de artesanato, tasquinhas com petiscos tradicionais, música medieval e ainda uma novidade: uma batalha campal. A entrada é grátis.

Para dia 14, a Companhia organiza, no Largo da Barca, uma Ceia Medieval, a partir das 20h30, e onde, por 15 euros, terá direito a vários pratos que tentam recriar a alimentação da época.

Sobre a Companhia Bombarda
A Companhia de Teatro e  Recriação Bombarda nasceu há 10 anos, em  Agosto de 2008, com o principal objectivo de preservar tradições locais e fazer recriações históricas medievais.

A actividade da companhia assenta essencialmente na participação em feiras medievais por todo o País, com especial incidência nas regiões do centro e do interior. Actualmente a companhia conta com 16 actores e cerca de 20 colaboradores nas mais diferentes áreas da animação e do teatro.

A Companhia Bombarda pertence actualmente à Associação de Teatro e  Recreação Cultural Bónus Medieval, associação também virada para a produção de outros eventos culturais e musicais.

Autor: Carolina Leitão