Universitários elegem Crioestaminal como uma das empresas mais atractivas para trabalhar

A Crioestaminal, laboratório de criopreservação líder em Portugal e um dos maiores da Europa, é uma das empresas em que os jovens universitários mais gostariam de trabalhar, tendo sido considerada o “Empregador Mais Atractivo”, na área das Ciências Naturais, pelo ranking internacional Universum. Sediada no Biocant – Parque Biotecnológico de Cantanhede, emprega diretamente 60 profissionais, 10% dos quais doutorados, sendo um dos principais empregadores do distrito de Coimbra.

A empresa tem vindo a ser distinguida com vários prémios e distinções, argumentos que a tornam uma organização aliciante para quem procura construir carreira na área da biomedicina e ciências naturais. Recentemente foi reconhecida como “Escolha do Consumidor”, pela quarta vez consecutiva, tendo também vencido o prémio “Cinco Estrelas”. As distinções são o reflexo da qualidade do serviço e acompanhamento prestados, o que se reflete numa taxa de satisfação dos clientes de 95% e um índice de confiança idêntico (95%).

“A Crioestaminal tem nos seus recursos humanos uma das principais vantagens competitivas. Além de serem, tecnicamente, profissionais de excelência, têm ao seu dispor a tecnologia mais avançada e inovadora do mercado, o que nos permite oferecer o melhor serviço ao cliente, sendo os sucessivos prémios e distinções reflexo disso. Acreditamos que são todos estes fatores que nos tornam uma das empresas mais aliciantes para quem trabalhar nesta área”, explica André Gomes, Fundador e CEO da Crioestaminal.

A Crioestaminal, fundada em 2003, foi o primeiro banco de criopreservação em Portugal, sendo o maior da Península Ibérica e o quarto a nível europeu. Sediado no Biocant, emprega mais de 60 colaboradores e tem presença direta em quatro países da Europa (Portugal, Espanha, Itália e Suíça). É o único banco ibérico acreditado pela AABB (Advancing Transfusion and Cellular Therapies Worldwide), sendo um dez mais influentes e inovadores bancos de células estaminais do cordão umbilical do mundo. Tem mais de 70 mil amostras recolhidas e criopreservadas desde a sua fundação, sendo o player em Portugal com o maior número de amostras resgatadas e transplantes realizados, com 13 transplantes em oito crianças. Promove um trabalho de referência na terapêutica com células estaminais, com duas patentes internacionais registadas e vários projetos de investigação em curso. Investe, anualmente, cerca de 10% do seu volume de negócios em Investigação & Desenvolvimento.