Tremoço volta a ser rei e senhor em Cadima

Este fim-de-semana (27, 28 e 29 de Maio) todos os caminhos vão dar à XIII Feira do Tremoço de Cadima.

A Praia Fluvial dos Olhos da Fervença volta a receber o certame onde a leguminosa, normalmente conhecida como o “marisco dos pobres”, é tratada como se fosse da nobreza.

Durante os três dias vão ser muitos os quilos de tremoços ali vendidos pela tremoceiras tradicionais mas aos petiscos não se ficam por aqui. Quem passar pela Feira do Tremoço pode ainda provar, numa das várias tasquinhas disponíveis, uma bela sopa da pedra, uma tradicional chanfana ou o, quase obrigatório, leitão à Bairrada. Tudo isto, sempre acompanhado com pão e broa caseiros e os melhores néctares da região.

A animação também não ficou esquecida. Deste modo, o “desfile” de artistas começa já hoje (sexta-feira) com a actuação de um dos mais conhecidos cantores e acordeonistas portugueses, Quim Barreiros. Antes sobe ao palco a Banda Musical Tema, sendo que a noite termina ao som da dupla de DJ’s do concelho É2Much Dj’s.

Amanhã (sábado), o baile começa com as Bandas Índice e Wave e termina com o DJ David. Nesse mesmo dia, a Feira do Tremoço recebe, pelas 13h00, a V Concen-tração Nacional de Vespas – que se prolonga até domingo, organizada pelo Vespa Clube Paperinos e uma Mega Aula de Zumba, às 18h00.

Já no domingo, último dia do certame, a tarde é de- dicada ao folclore, com as actuações do Grupo Etno gráfico Danças e Cantares do Zambujal e do Grupo Típico de Cadima. A apelar ao Verão e ao calor, terá lugar ainda um desfile da escola de samba ”Os Amigos da Tijuca”, que antecederá a actuação da Banda Red, marcada para as 17h00.