Teatro infantil na Biblioteca Municipal de Cantanhede com “Leandro, o Rei da Helíria”

O Grupo de Teatro Infanto-juvenil da Biblioteca Municipal de Cantanhede regressa ao palco do auditório deste equipamento cultural na próxima sexta-feira, dia 9 de Junho, às 21h30, para a estreia do espectáculo que assinala o final do ano escolar. Desta vez trata-se da encenação do conto “Leandro, o Rei da Helíria”, de Alice Vieira, a partir de uma adaptação de Natália Queirós, ex-juíza do Tribunal de Cantanhede que fundou e tem dinamizado aquele clube de artes cénicas desde a sua constituição, em 2005.

Depois da estreia, as personagens representarão, no domingo, dia 11 de Junho, às 16h00 horas e farão ainda mais cinco espectáculos dirigidos aos alunos das escolas do concelho.

Tendo como personagens centrais o bondoso rei Leandro, duas filhas más, uma filha boa e um bobo fiel, o enredo da peça desenrola-se em Helíria, reino em que tudo está em paz até ao dia em que o soberano tem um sonho que o leva a crer que está na altura de abandonar o trono. Como não tem filho varão, decide entregar o reino à filha que mais o amar e, para isso, pede a cada uma delas que lhe expresse o seu afecto. Uma avaliação incorrecta da verdadeira essência do sentimento das filhas leva o rei a tomar uma decisão errada que o arrastará para uma vida de infelicidade.

Constituído por nove crianças com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos, o Grupo de Teatro lnfantojuvenil da Biblioteca Municipal de Cantanhede estreou-se em Junho de 2005 e, desde então, tem sido dinamizado pela Dr.ª Natália Queirós, responsável pela autoria ou adaptação dos textos, pelos ensaios e pela concepção dos cenários e guarda-roupa. Desde a sua fundação, o grupo já realizou 132 sessões de 26 espectáculos teatrais diferentes, aos quais assistiram mais de 16.000 pessoas, sobretudo alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico do concelho.