Seniores do distrito de Coimbra vão participar em encontro de boccia promovido pela APCC

Utentes da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC), do Ateneu de Coimbra, da Santa Casa da Misericórdia de Condeixa e da Fundação ADFP de Miranda do Corvo vão participar amanhã (29 de novembro) no II Encontro de Boccia Sénior da APCC, que decorrerá no Pavilhão do Clube de Futebol União de Coimbra, a partir das 10h00.

Serão cerca de 30 jogadores, que irão competir de forma saudável e, sobretudo, tomar contacto com uma modalidade desportiva da qual poderão beneficiar grandemente.

Além de contribuir para manter um estilo de vida activo, esta vertente do boccia permite aos seus praticantes conservar aptidões funcionais e físicas, melhorar a mobilidade e as capacidades de concentração, equilíbrio e coordenação, além da própria capacidade intelectual. Aumenta ainda a sensação de bem-estar e a autoestima e pode ajudar a combater o isolamento e inícios de depressão.

Através da Bocciateca – o primeiro centro de recursos desta modalidade a ser criado em Portugal – a APCC disponibiliza equipamentos desportivos e materiais relacionados com o boccia para utilização por outras instituições, fomentando dessa forma a realização de encontros e outras actividades. O objectivo é estabelecer um programa estruturado para a prática do boccia sénior, aliando actividades desportivas, de lazer e de competição.

O II Encontro de Boccia Sénior é mais uma das actividades de divulgação da Bocciateca da APCC que têm vindo a dar a conhecer o projeto junto de instituições que apoiam seniores. Foi o caso do I Encontro, que decorreu no final do passado mês de Maio, de uma apresentação da modalidade no Ateneu de Coimbra e de um workshop para técnicos e professores de outras instituições.

A Bocciateca da APCC foi um dos projectos distinguidos na edição de 2015 do Prémio BPI Seniores, que reconhece e apoia projectos que promovam a melhoria da qualidade de vida e o envelhecimento ativo de pessoas com idade superior a 65 anos.

O boccia é uma das modalidades desportivas praticadas na APCC, no âmbito do Departamento de Educação Física e Desporto, tendo sido introduzido em Portugal em 1993, durante um curso organizado pela Associação.