Semana de cultura e festa em Febres

A partir de amanhã (quinta-feira, dia 1) e até 4 de Setembro a vila de Febres está em modo festa com a 3.ª Semana Cultural e Mostra Gastronómica, uma dupla iniciativa organizada pela Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal de Cantanhede e das várias associações locais.

Durante quatro dias serão vários os motivos para visitar a vila gandaresa que, nesta edição da Semana Cultural, se centra essencialmente naquelas que são algumas das suas imagens de marca: o poeta Carlos de Oliveira, o associativismo, os ourives e o frango, cozinhado de diversas maneiras.

Deste modo, amanhã (quinta-feira), o arranque do certame fica marcado com a projeção do filme “Sobre o Lado Esquerdo”, de Margarida Gil, e que tem como base o livro de Carlos de Oliveira “Uma abelha na chuva”. O evento acontece na Casa Carlos de Oliveira, a casa-museu em honra do escritor inaugurada em 2015.

Na sexta-feira, dia 2, a animação prolonga-se pela noite fora. A partir das 19h00, entram em funcionamento as três tasquinhas de comes e bebes. Segue-se às 20h00 uma arruada com os gaiteiros Roncos e Curiscos e, pelas 21h00, a “prata da casa”, com as Pequenas Vozes de Febres a subirem ao palco.

A partir das 22h00, é a vez do grupo de baile MG4 animar a Praça Florindo José Frota, sendo que a noite termina ao som do DJ Chico.

Para sábado está programada uma demonstração de Robótica, às 10h00, na Casa Carlos de Oliveira, à qual se seguirá uma visita guiada à mesma. Da parte da tarde, a partir das 17h00, a Casa Carlos de Oliveira volta a abrir portas, desta feita para receber uma palestra intitulada “Febres e a Ourivesaria”, que terá como orador António Santos, presidente da ANOR – Associação Nacional de Ourives e Relojoeiros.

À noite, a música regressa a Febres com a actuação de um duo de jazz, pelas 20h30. Mais tarde, por volta das 22h00, sobe ao palco o cantor popular Amadeu Mota. Mais uma vez, a noite encerra com música electrónica, a cargo do DJ Luís Dinis.

Domingo, 4 de Setembro e último dia da Semana Cultural, tem lugar, a partir das 16h00, a Feira do Cavalito na Praça Florindo José Frota, na qual participam algumas boleiras da freguesia. Em simultâneo, haverá insufláveis para os mais pequenos.

Às 17h00, a dança toma conta da praça febreense, primeiro com uma aula de zumba, dinamizada pelas instrutoras Mónica Gomes e Débora Abreu, e depois com um workshop de Bachata, com a orientação de Tiago Gomes, que será ainda o DJ de serviço pela noite dentro.

Para domingo está ainda reservado o concerto dos Dalla Marta, uma das bandas revelação do concelho e que tem dado cartas na região. À meia-noite, os céus de Febres vão ser iluminados com fogo-de-artifício.

Para além das três tasquinhas de comes e bebes, onde o frango – de churrasco ou com arroz à malandro – será a estrela, e da variada programação, a 3.ª Semana Cultural e Mostra Gastronómica de Febres contará ainda com stands de artesanato local e de divulgação dos vários cursos disponibilizados pela Junta de Freguesia – pintura e bordados – , assim como das associações Gira Sol, Febres SC e de algumas empresas locais.

Para o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Alves, “as expectativas para o evento são as melhores. As coletividades locais já começaram a perceber a importância deste evento e unem cada vez mais esforços para que este supere as expectativas”.

“Esta Semana Cultural é o culminar das diversas manifestações culturais que vamos promovendo ao longo do ano. É também um momento de reencontro de familiares e amigos que nesta altura nos visitam, num local aprazível que é a nossa praça”, frisa o autarca.