‘Sê-lo Verde’ comprova reconhecimento de sustentabilidade ambiental da Expofacic

A Expofacic é um dos festivais nacionais distinguidos pelo Ministério do Ambiente com o ‘Sê-lo Verde 2018’, programa que visa incentivar a adopção de boas-práticas ambientais, inovadoras e com impacte ambiental, social e económico nos grandes eventos, através do financiamento de medidas a adoptar para esse efeito pelas entidades promotoras.

Submetida pela INOVA-EM, a candidatura da Expofacic foi aprovada na categoria dos eventos acima de 25.000 espetadores diários e o respetivo contrato de financiamento foi assinado em 11 de maio, no decurso de uma sessão realizada na Voz do Operário, em Lisboa, com a presença do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Nos termos do acordo, durante a Expofacic, de 26 de julho a 5 de agosto, serão implementadas várias ações orientadas para o cumprimento dos objetivos do ‘Sê-lo Verde’, designadamente a redução de impactes e o uso eficiente de recursos materiais e energéticos, a adoção de abordagens inovadoras, com recurso a novas tecnologias e integração de renováveis e materiais ecológicos e a educação e sensibilização ambiental.

“Expofacic + Renovável e Eficiente” representa uma aposta na poupança energética, através da iluminação das tendas temáticas com recurso a lâmpadas LED e da instalação de painéis fotovoltaicos para fornecimento de energia elétrica aos pontos de fornecimento de água para consumo humano. Por outro lado, com “Mais Expofacic, menos GEE” pretende-se reduzir a emissão de gases de efeito de estufa, estimulando os visitantes a utilizarem autocarro nas suas deslocações ao evento, nomeadamente com a criação de uma rede de transportes coletivos com ligações às principais cidades da região.

Também destinada a fomentar a redução de emissões de gases de efeito de estufa é a campanha Expofacic, ao Visitar Ajudará a Reflorestar, traduzida na plantação de 8.000 árvores na zona da freguesia da Tocha mais afetada pelos incêndios de 2017, tendo como referência uma árvore por cada 50 entradas no certame. Das ações a desenvolver no âmbito do ‘Sê-lo Verde 2018’, são de destacar ainda, entre outras, a Expofacic + S, que contempla a realização de atividades de educação ambiental com especial enfoque nas temáticas dos resíduos e da água, bem como a disponibilização de copos reutilizáveis (serão distribuídos gratuitamente com água da rede por aguadeiros, servindo também como merchandising do evento), e a colocação de equipamentos de deposição seletiva de resíduos por todo o recinto, assegurando-se a respetiva recolha diária.

Segundo a comissão organizadora da Expofacic, a obtenção do selo verde reflete as preocupações de sustentabilidade ambiental, pretendendo-se também diferenciar o evento através de uma atitude pró-ativa na minimização dos impactos a esse nível e na sensibilização dos visitantes para a importância da preservação do ambiente em certames desta natureza.

Da lista de festivais distinguidos com o ‘Sê-lo Verde 2018’ constam o Rock in Rio Lisboa 2018, o Meo Marés Vivas (Vila Nova de Gaia), o Nos Alive (Algés) e o Vodafone Paredes de Coura, entre outros.