Santa Casa de Montemor-o-Velho realiza formação ao abrigo do projecto “Tecno inclusão”

As diversas ferramentas que a evolução tecnológica disponibiliza nos dias que correm permitem ultrapassar cada vez mais limitações com que nos deparamos, mesmo nas tarefas mais básicas do dia-a-dia. Tarefas como realizar uma chamada telefónica ou simplesmente comunicar com outras pessoas podem ser banais para a maioria das pessoas, mas podem assumir-se como uma tarefa hercúlea para outros.

Neste sentido, a Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho deu início à implementação da ferramenta Grid3, ao abrigo do projecto “Tecno inclusão”, financiado pela Fundação EDP através do programa EDP Solidária – Inclusão Social. A implementação do projecto teve inicio com a formação de técnicos e colaboradores da SCMMV e da APPACDM – Unidade Funcional de Montemor-o-Velho para a programação do software, criando assim uma ferramenta personalizada que possa responder às necessidades individuais de cada cliente.

A utilização desta ferramenta permite que os clientes que não consigam expressar-se verbalmente ou que tenham limitações físicas possam comunicar com os seus pares e cuidadores, expressar as suas necessidades e preferências, o seu estado de espírito ou até mesmo a interação com equipamentos informáticos.