Sandra Semedo conquista três medalhas na Taça do Mundo de Tricicleta

A atleta da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC),  Sandra Semedo, conseguiu conquistar duas medalhas de ouro (nos 200 e 400 metros) e uma de prata (100 metros) na Taça do Mundo de Tricicleta, que decorreu até 17 de Julho, em Frederiksberg, na Dinamarca.

Foi assim uma estreia em grande para a corredora em provas internacionais em representação de Portugal, abrilhantada ainda mais pelo facto de, durante a competição, ter conseguido ainda estabelecer novos máximos pessoais para aquelas distâncias e bater os recordes nacionais da categoria RR2.

Nascida em Coimbra há 28 anos, Sandra Semedo competia até esta Taça do Mundo na categoria RR3, da qual também detém os recordes nacionais dos 100, 200, 400 e 800 metros. Começou a praticar a modalidade em 2012 na APCC, da qual é utente desde criança.

A acompanhar Sandra Semedo nesta competição, completando assim a representação da APCC, esteve como é habitual a treinadora Ana Nunes.

A tricicleta é uma modalidade desportiva realizada em pistas de atletismo, praticada por pessoas com paralisia cerebral. Trata-se de uma competição mista, com três classes de competição, em que os atletas correm com os seus pés, num equipamento com três rodas e três apoios. Na APCC, começou a ser praticada há quase duas décadas, tendo sido retomada com particular entusiasmo nos últimos três anos.