Rede social apresenta revista “Vai lá, vai!”

É já no próximo dia 11 de Novembro que dezenas de técnicos, colaboradores e voluntários das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho da Mealhada sobem ao palco do Cineteatro Messias, nesta cidade, na qualidade de actores da revista “Vai lá, vai!… Que aqui tens rede”. A iniciativa visa a angariação de fundos para a Rede Social do Município, bem como o convívio interinstitucional.

O espectáculo promete fazer rir com os diversos quadros humorísticos tão característicos do teatro de revista, interpretados por colaboradores, técnicos e voluntários das diversas IPSS que não se inibirão de assumir, nesta noite, papéis bem diferentes dos que têm diariamente em cada uma das instituições onde trabalham. A música também estará presente, com as actuações de Jennifer Oliveira e João Vila, culminando com o lançamento do Hino da Rede Social da Mealhada.

O espectáculo, além de fomentar o convívio interinstitucional, visa a angariação de fundos para a Rede Social da Mealhada, concretamente para apoiar as IPSS na realização de dois eventos que fazem parte do seu Plano de Actividades e extravasaram já o universo das instituições, tornando-se um espectáculo para milhares de pessoas: o Carnaval de Palmo e Meio e as Marchas Populares.

Os bilhetes podem ser reservados junto do Sector de Acção Social (sasocial@cm-mealhada.pt – 231281204), no Cineteatro Messias ou nas IPSS do Município.

Organizado pelo Sector de Acção Social da Câmara da Mealhada, o espectáculo conta com a participação do Centro Social Comendador Melo Pimenta, Associação Desportiva Cultural e Recreativa de Antes, Jovens Cristãos do Luso, Casa da Criança Maria do Resgate Salazar – Fundação Bissaya Barreto, Jardim de Infância Drª Odete Isabel, Centro Social de Casal Comba, Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – Centro de Santo Amaro, Centro Paroquial de Solidariedade Social de Ventosa do Bairro. Participam São parceiros neste espetáculo o CAPP, o Jardim-de-infância de Sant’Ana, a Santa Casa da Misericórdia (Casa da Criança), a AD ELO, a Casa do Povo da Vacariça, bem como o Gedepa, a Cades, a EPVL e a Escolíadas.