Queima das Fitas arranca com Serenata Monumental

A Queima das Fitas de Coimbra arranca esta quinta-feira à noite com a Serenata Monumental, na Sé Velha.

As 12 badaladas da torre da Universidade de Coimbra, conhecida como “A Cabra”, que assinalam a meia-noite, assinalam também o arranque da mais antiga Queima das Fitas em Portugal.

Já o cortejo da Queima das Fitas realiza-se no domingo (8 de Maio), com arranque agendado para as 14 horas.

As noites na Praça da Canção começam amanhã (sexta-feira, 6 de Maio) e estendem-se até dia 13, com um cartaz que procura ter “uma escolha o mais eclética possível” e que junta nomes da pop, rock, pimba, hip-hop, kizomba ou música electrónica, entre os quais Gabriel o Pensador, Dj Ride, Editors ou Linda Martini.

Na primeira noite de concertos, já amanhã, sobem ao palco da Praça da Canção o músico português Agir e o angolano C4 Pedro. No sábado (7), actuam a banda portuguesa Linda Martini e os britânicos Editors, que lançaram em 2015 o seu quinto álbum de estúdio, “In Dream”.

Depois da habitual presença de Quim Barreiros na noite de cortejo, a Queima das Fitas de Coimbra recebe a 9 de Maio uma noite inteiramente dedicada ao hip-hop, com os portuenses Dealema e o rapper Valete. O hip-hop volta a ser ouvido no dia 10, com o brasileiro Gabriel O Pensador, que lançou em 2015 o seu sétimo álbum, “Sem Crise”. Na mesma noite apresenta-se o projecto de pop D.A.M.A.

Ainda actuam na Queima das Fitas de Coimbra Dj Ride, Jimmy P e Regula, a 11, e Olga Ryazanova, Jay Hardway e Dj Chuckie, a 12.

Na última noite de concertos no “Queimódromo”, a organização optou por ter um alinhamento “virado para a cidade”, com dois nomes da música portuguesa: António Zambujo e Miguel Araújo.

No palco secundário, a cargo da Rádio Universidade de Coimbra entre sexta-feira e segunda-feira, actuam Flamingods, Pop Dell’Arte, College e Maethelvin, Anklepants, Matias Aguayo e Tessela, entre outros.

O preço do bilhete geral para concertos é de 49 euros e os pontuais custam entre 5 e 10 euros para estudante e 8 e 15 euros para não estudante, sendo que estudantes com bolsa máxima têm direito a convite geral.