PS Cantanhede lamenta a perda do seu mais antigo Militante

 

A Concelhia do Partido Socialista de Cantanhede está de luto, com o falecimento do fundador da Concelhia e militante mais antigo (n.º 1650), Adérito Cortesão Beato.

Nascido a 20 Janeiro de 1941, na Vila de Ançã, e solicitador de profissão, Adérito Beato foi, no pós-25 Abril, o mais destacado e influente político cantanhedense.

Aderiu ao Partido Socialista a 1 Junho de 1974, e foi, entre outras coisas, Presidente da Concelhia, candidato a Presidente da Câmara Cantanhede, Candidato a Deputado da Nação, pelo círculo de Coimbra, e Vereador na Câmara Municipal de Cantanhede, no último executivo de Albano Pais Sousa.

Participou activamente na campanha do General Humberto Delgado, a Presidente República, e foi também membro da Comissão Nacional do Partido Socialista.

“O nosso camarada Adérito Cortesão foi um grande Lutador contra a Ditadura e depois do 25 Abril um Democrata e um militante activo na construção do progresso no concelho de Cantanhede.

O nosso camarada Adérito Cortesão será sempre uma referência incontornável do concelho de Cantanhede, um exemplo e um motivo de orgulho para todos Nós. À sua Família e em particular aos seus filhos Paulo Cortesão e Rui Cortesão, enviamos as nossas mais sinceras e sentidas condolências”, refere o PS de Cantanhede numa nota enviada à comunicação social.