Programa do convento de São Francisco

O Convento de São Francisco, novo equipamento cultural de Coimbra, propõe até ao final do ano espectáculos de magia, um projecto de teatro europeu e música com os Tindersticks, Peter Murphy ou Jorge Palma, entre outras iniciativas.

De acordo com a programação de Setembro a Dezembro, um dos destaques do mês de Setembro incide sobre as galas da 20.ª edição dos Encontros Mágicos – Festival Internacional de Magia de Coimbra, dias 23 e 24, no Auditório Principal que tem uma lotação até 1.125 espectadores.

Antes, no dia 3 de Setembro, a Orquestra XXI, formada por jovens músicos portugueses a residirem no estrangeiro, em cidades como Londres, Paris, Berlim, Zurique, São Petersburgo, Madrid e Amesterdão, assinala os 400 anos da morte do dramaturgo William Shakespeare com uma versão de Sonho de Uma Noite de Verão, de Mendelssohn.

A 16 de Setembro, o Convento recebe o espectáculo do projecto europeu de formação de jovens actores profissionais École des Maîtres, um curso internacional itinerante de aperfeiçoamento teatral, que reúne jovens dos 24 aos 34 anos e que conta, para além de Portugal, com o apoio de países como a França – onde o projecto original surgiu há 25 anos – Itália, Bélgica e Croácia.

De Outubro a Dezembro, os destaques vão para a música contemporânea, do jazz ao rock, passando pelo soul e clássica: a 1 de Outubro, sobre ao palco o pianista Artur Pizarro acompanhado pela Orquestra Clássica do Centro e a 14 do mesmo mês é a vez de Peter Murphy, líder dos míticos Bahaus, mas há mais de 30 anos apostado numa carreira a solo. O autor de temas como “Indigo Eyes” ou “Cuts You Up” regressa a Portugal para uma ronda de quatro espectáculos em Coimbra, Guarda, Porto e Lisboa.

De 19 a 23 de Outubro decorre a 14.ª edição dos Encontros Internacionais de Jazz, iniciativa do Jazz ao Centro que inclui, dia 20, um concerto de Garry Burton com o quinteto Sandro Norton.

A 27 de Outubro o Convento São Francisco recebe um concerto dos Tindersticks – que também actuam a 26, em Lisboa, no teatro Tivoli e dia 29 na Casa da Música, no Porto. A banda de Stuart Staples traz a Portugal o seu 10.º álbum de originais, numa carreira que remonta a 1993.

A 10 de Novembro é a vez de Rodrigo Leão, acompanhado de Scott Matthew, subir ao placo do auditório principal do Convento e dia 26 do mesmo mês é a música soul que está em destaque, com um concerto de Charles Bradley.

A programação musical estende-se até Dezembro com Jorge Palma sozinho em palco ao piano, dia 06, na revisitação do seu álbum “Só”, editado originalmente em 1991.

Na informação hoje divulgada, Carina Gomes, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Coimbra, afirma que o Convento São Francisco, “como equipamento cultural municipal, está a consolidar-se, não só como uma referência nos roteiros internacional e nacional de espetáculos, mas, ao mesmo tempo, como o palco de parcerias importantes” entre a autarquia e instituições e criadores da cidade e da região, “potenciando e dando escala aos eventos que estes organizam”.