Portuguese Brass e Coro da Academia de Música realizaram Concerto de Ano Novo em Cantanhede

Foi um espectáculo de assinalável expressão cultural e artística aquele a que assistiram cerca de 300 pessoas na tarde de 7 de Janeiro, no salão dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede.

Protagonizado pelo Portuguese Brass e pelo Coro Juvenil da Academia de Música de Cantanhede, o Concerto de Ano Novo, todo ele num registo próprio da quadra natalícia, foi marcado por dinâmica muito ovacionada, desde os melodiosos temas instrumentais do decateto de metais, às peças de conjunto com o Coro Juvenil da Academia de Música, passando pela singularidade da interpretação do tema que incluiu a narração de Nuno Jacinto.

No decurso do espectáculo, o público cumpriu um minuto de silêncio em memória de Mário Soares, a pedido da vice-presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, que na ocasião invocou o “o dever de homenagear a figura tutelar da consolidação do regime democrático em Portugal. Perante a fatalidade do seu falecimento, há gestos simbólicos que se impõem e esta é uma boa oportunidade de assinalarmos o percurso de um político marcante da história portuguesa contemporânea”.

Perante uma assistência que incluía os vereadores Pedro Cardoso, Júlio de Oliveira e Carlos Ordens, a presidente da Junta da União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça, Aidil Machado, e representantes de várias outras entidades do concelho, Helena Teodósio sublinhou o facto de “o Município de Cantanhede assinalar mais uma vez a chegada do novo ano com um concerto de qualidade. Neste caso temos o privilégio de com a participação de uma formação instrumental de grande prestígio, o ensemble Portuguese Brass, e do Coro Juvenil da Escola de Música da Fundação Pires Negrão, cuja actividade no ensino musical desempenha uma função educativa, cultural e social merece ser reconhecida e saudada”.

A autarca agradeceu ainda “à direcção dos Bombeiros Voluntários a recetividade com que acolhe as iniciativas do Município de Cantanhede e à União das Freguesias de Cantanhede e Pocariça a disponibilidade para apoiar eventos tão significativos como este do Concerto de Ano Novo”.

O ensemble Portuguese Brass nasceu do entusiasmo de dez músicos nacionais que se reuniram pela primeira vez em 2010, formando um decateto de metais bastante eclético do ponto de vista instrumental e que está vocacionado para interpretar temas variados de diferentes géneros musicais. O repertório inclui obras originais compostas especificamente para a sua formação, bem como arranjos de música clássica, jazz e popular, permitindo uma grande versatilidade para ajustar os programas interpretativos a diferentes situações e públicos.

O Coro da Academia de Música de Cantanhede foi constituído no âmbito da actividade deste estabelecimento de ensino particular e cooperativo que, desde 2001, tem vindo a ministrar o ensino artístico especializado em música no concelho de Cantanhede. A formação de canto coral que vai participar no Concerto de Ano Novo integra os alunos da Classe de Conjunto que ao longo de cada ano letivo adquirem formação musical de grupo, com particular enfoque na expressão vocal.