Portugal conquista quatro medalhas nas Olimpíadas da Matemática

Quatro estudantes portugueses conquistaram quatro medalhas nas Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática, que decorreram em Antofagasta, no Chile. De acordo com um comunicado do Ministério da Educação, os estudantes portugueses, entre os quais estão dois jovens de Coimbra, obtiveram duas medalhas de prata e duas de bronze.

No mesmo comunicado, o Ministério liderado por Tiago Brandão Rodrigues “felicita os alunos Alberto Pacheco (Colégio Paulo VI, Gondomar) e Matilde Silva (Colégio Rainha Santa Isabel, Coimbra) pela conquista, cada um, de uma medalha de prata, a que se juntam outras duas medalhas de bronze: uma conquistada por Gonçalo Paredes (Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra) e outra por Manuel Cabral (Colégio Valsassina, Lisboa)”.

Os jovens que participaram na 31.ª edição das Olimpíadas Ibero-Americanas (OIAM) de Matemática, que arrancaram a 24 de Setembro e que terminaram a 2 de Outubro, são oriundos de cerca de 20 países da América Latina e Península Ibérica.

A participação de Portugal nas olimpíadas é organizada pela Sociedade Portuguesa de Matemática, e a preparação dos alunos é assegurada pelo Projecto Delfos, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra.

O Ministério da Educação, a Ciência Viva, o Novo Banco e a Fundação Calouste Gulbenkian são algumas das entidades que apoiam a realização das Olimpíadas.

Os alunos que queiram vir a ocupar um lugar nas equipas que representam Portugal nas competições internacionais deverão começar por participar nas XXXIV Olimpíadas Portuguesas de Matemática (OPM).