Polícia Judiciária deteve um homem suspeito de crime de incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem fortemente indicado da autoria de um crime de incêndio florestal, ocorrido no concelho da Mealhada no passado dia 12 de Agosto.

O incêndio foi colocado através de chama direta, com recurso a um isqueiro, tendo o seu autor confessado os factos e indicado a forma como procedeu.

O suspeito é trabalhador agrícola, o que lhe permitia, por vezes, assistir ao combate aos incêndios, acabando por admitir que tinha um certo fascínio por visualizar os meios aéreos durante essa atividade.

O detido, de 26 anos de idade, foi presente às Autoridades Judiciárias competentes, tendo ficado a aguardar os ulteriores trâmites do processo sujeito a prisão preventiva.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 34 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.