Os melhores ginastas mundiais de aeróbica competiram em Cantanhede

Cantanhede foi a capital da ginástica aeróbica, com a realização da 3.ª Taça do Mundo (AER FIG World Cup) e do 6.º Open Internacional de Ginástica Aeróbica (6th International Open) – Cantanhede 2016. Os dois importantes eventos desportivos internacionais decorreram de 6 a 8 de Maio, no Pavilhão Marialvas, mais uma vez por iniciativa da Academia CantanhedeGym e da Federação de Ginástica de Portugal (FGP), sob a égide da Federação Internacional de Ginástica.

Em competição estiveram 332 ginastas em representação de 19 países, entre os quais alguns dos melhores praticantes da modalidade a nível internacional, incluindo os mais vários Campeões do Mundo, nas diferentes categorias e escalões na disciplina.

Na sessão de abertura esteve o presidente da Câmara Municipal, João Moura, e o vereador Pedro Carrana, a que se seguiu a presença da vice-presidente da autarquia, Helena Teodósio, e do vereador Pedro Cardoso, nas cerimónias protocolares de entrega de medalhas. Na mensagem que dirigiu às equipas, o líder do executivo camarário destacou “a elevada exigência competitiva da modalidade e a oportunidade de intercâmbio entre jovens de diferentes países que estão unidos no interesse comum pela prática desportiva”.

Depois de afirmar que, “do ponto de vista da organização, tudo foi feito para que os atletas desfrutem das melhores condições na sua estadia em Cantanhede”, João Moura recordou que “a Câmara Municipal se assume como principal patrocinador das provas na perspectiva de que o retorno desportivo vale o investimento”, e agradeceu “o apoio de várias entidades públicas e privadas, entre as quais a União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça, os Bombeiros Voluntários de Cantanhede e agentes económicos locais”.

O autarca enalteceu ainda “o excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Academia CantanhedeGym, nos domínios da formação e da competição” e congratulou-se “por mais esta oportunidade que é dada à população do concelho de poder apreciar o elevado nível técnico e atlético dos mais conceituados ginastas portugueses e estrangeiros”.

Na mesma linha foi a intervenção do presidente da Federação Portuguesa de Ginástica, que afirmou ser “muito gratificante observar a dinamização dada à ginástica pela Academia CantanhedeGym”. Referindo-se concretamente à Taça do Mundo de Ginástica Aeróbica – Cantanhede 2016 e ao 6.º Open Internacional de Cantanhede, João Paulo Rocha enfatizou “a excelente qualidade organizativa que a CantanhedeGym tem demonstrado e o inestimável suporte da Câmara Municipal à realização das provas”.

Por seu lado, o presidente da direcção da Academia CantanhedeGym, João Dias, agradeceu “o apoio e a confiança de todas as entidades envolvidas na organização, a Câmara Municipal a federação e os parceiros, que mais uma vez se dispuseram a participar neste grande projecto, o que nos dá um alento muito grande para continuarmos”.

Do ponto de vista desportivo, a 3.ª Taça do Mundo e o 6.º Open Internacional de Ginástica Aeróbica – Cantanhede 2016 tiveram a apresentação de 370 rotinas de competição, executadas pelos 332 ginastas de Portugal, Rússia, Bulgária, República Checa, Brasil; Espanha, Itália, Perú, Alemanha, Estónia, Hungria, México, Japão, Roménia, Áustria; Finlândia; Grã-Bretanha e Eslováquia.

Quanto ao comportamento dos ginastas da Academia CantanhedeGym, foram 52 os medalhados, sendo de destacar ainda a conquista do disputado 8.º lugar na final de Ag2, entre 40 ginastas de 10 países, na categoria IW, pela ginasta Maria Dias, que se afirmou como a melhor portuguesa em prova.

Segundo os responsáveis da Federação Internacional de Ginástica, a 3.ª Taça do Mundo e o 6.º Open Internacional de Ginástica Aeróbica têm uma elevada importância para a preparação competitiva de muitos dos ginastas que vão estar presentes no próximo campeonato do mundo a realizar em Junho, em Seul, onde três dos ginastas da Academia CantanhedeGym também estarão presentes a representar a selecção nacional no escalão AG2, designadamente Maria Dias, Tomás Almeida e Inês Simões.

Daí a relevância desportiva das provas disputadas Cantanhede no fim-de-semana de 6 a 8 de maio, pois, além de ter permitido o contacto com ginastas internacionais de elevado nível técnico (campeões do Mundo e da Europa), serviu também como momento de observação e controlo do trabalho desenvolvido pela equipa nacional de ginástica aeróbica. Esta disciplina gímnica consiste na performance intensiva de combinação dos movimentos coreográficos de aeróbica com os exercícios dinâmicos de força, flexibilidade e coordenação, sendo todas as rotinas executadas com acompanhamento musical em ritmo e estilo caracteristicamente “aeróbico”.