Os melhores da ginástica vão regressar a Cantanhede

De 23 a 25 de Março, Cantanhede volta a ser a capital da ginástica aeróbica desportiva com a 5.ª Taça do Mundo de Ginástica Aeróbica, prova que integra o calendário oficial da Federação Internacional de Ginástica (FIG), e o 8.º Open Internacional de Ginástica Aeróbica.

No total, vão estar em competição no Pavilhão Marialvas cerca de 500 ginastas, em representação de 26 países, entre os quais alguns dos melhores praticantes da modalidade a nível mundial.

A organização está, mais uma vez, a cargo da Academia CantanhedeGym e da Federação de Ginástica de Portugal (FGP), com o alto patrocínio do Município de Cantanhede e o apoio de instituições e empresas do concelho, bem como de diversas entidades nacionais.

A apresentação das provas foi feita no decurso de uma conferência de imprensa que decorreu hoje (terça-feira, 6 de Março), no salão nobre dos Paços do Concelho, e que contou com a presença de Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Adérito Machado, vereador da CMC, Raul Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Mira – que se associa à iniciativa pelo terceiro ano consecutivo –, João Paulo Rocha, Presidente da Federação Portuguesa de Ginástica, Sofia Costa, Directora Técnica da Selecção Nacional de Ginástica Aeróbica e João Dias, presidente da Academia CantanhedeGym.

Na ocasião, Helena Teodósio felicitou a Academia CantanhedeGYM pela “capacidade de iniciativa e vitalidade”, reforçando a expectativa “que o evento traga, mais uma vez, muita gente a Cantanhede”.

Já Raul Almeida aproveitou a ocasião para elogiar a iniciativa a que a Câmara Municipal de Mira se associa, principalmente a nível dos alojamentos, reforçando a importância deste tipo de eventos “para combater a sazonalidade” “O difícil é trazer as pessoas pela 1.ª vez, depois a nossa Gândara acaba por cativar todos os que por cá passam”, frisou o autarca.

Da Federação de Ginástica, João Rocha focou-se “na extraordinária evolução do evento ao longo dos anos”, revelando que “todos os que vêm elogiam o evento, a cidade e a região”.

“Como tal, apelo aos habitantes de Cantanhede e da região que acorram em massa ao evento. Prometemos muita ginástica e de boa qualidade”.

Maria Dias “joga” em casa

Em competição na Taça do Mundo estará uma selecção portuguesa, comandada por Sofia Costa, directora técnica da disciplina, para quem esta prova terá um papel ainda mais importante este ano: “Uma vez que

antecede o Campeonato do Mundo, que se realiza pela

primeira vez em Portugal, no 1.º fim-de-semana de Junho em Guimarães. Esta é a ultima oportunidade, antes do mundial, de mostrarem o que valem”.

Pelo segundo ano consecutivo, a Taça conta com a participação de uma ginasta muito especial para o concelho. Maria Dias, atleta da CantanhedeGym, vai voltar competir em casa contra “os melhores da Europa e do Mundo”.

A jovem de 18 anos, estudante de Ciências da Comunicação em Lisboa, pratica ginástica há 12 anos. “Sempre gostei de ginástica e como a minha mãe também era ginasta acabou por me passar o bichinho”, explica ao AuriNegra.

Para chegar à selecção foi, ainda assim, necessário muito esforço e dedicação, “porque é um dos desportos mais exigentes e que necessita de mais treino”.

A viver actualmente em Lisboa, Maria Dias costuma treinar sozinha à semana, numa média de 4 horas diárias. No entanto, assume que os treinos de grupo e aos fins-de-semana chegam a ser de um total de 8 horas diárias (treinos bi-diários)”.

Conciliar os estudos com os treinos tem sido um verdadeiro desafio, mas que a atleta tem ultrapassado com sucesso e dedicação. “Mais difícil é conjugar a pressão da competição com o que vamos fazendo nos treinos. Em prova é necessária muita concentração”.

Quanto às competições em Cantanhede, a jovem ginasta tem grandes expectativas. “Com a selecção vou competir em grupo e o objectivo é chegar à final. Já no Open vou em individual e o ideal seria ir à qualificação. Espero que corra bem”.

#Em números

  • 26 Países
  • 5 continentes
  • 724 participantes (atletas e equipas técnicas)
  • Mais de mil lugares em bancada