Observar os planetas Júpiter, Marte e Saturno no céu noturno de Coimbra

Na próxima sexta-feira, dia 1 de Julho, em Coimbra, vai ser possível observar os incríveis anéis de Saturno, os satélites de Júpiter, o enigmático planeta vermelho (Marte) e também a espectacular constelação de Escorpião.

Pelas 21h30, o Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (OGAUC), em Santa Clara, promove estas observações astronómicas, de acesso livre, na sua Cúpula Astronómica Fundação Calouste Gulbenkian.

Os astrónomos do OGAUC, João Fernandes e Nuno Peixinho, explicam por que razão estes três planetas nem sempre são visíveis: “o céu nocturno está em constante mutação. Nas nossas latitudes há astros que se vêem sempre, tais como a Estrela Polar e as estrelas das constelações da Ursa Maior e da Cassiopeia. Em contrapartida, há estrelas e planetas que só se conseguem ver em certas épocas do ano. É o caso dos planetas Marte, Júpiter e Saturno e da constelação do Escorpião, que durante as últimas semanas, e por mais algumas, nos aparecem visíveis pouco após o anoitecer.»

Assim, prosseguem os também docentes da UC, “com um telescópio ou binóculos, é possível desfrutar da observação dos anéis de Saturno ou dos satélites de Júpiter, observados pela primeira vez por Galileu Galilei em 1610”.

A Cúpula Astronómica Fundação Calouste Gulbenkian, onde vão decorrer as observações na próxima sexta-feira à noite, foi alvo de uma intervenção de requalificação e inaugurada recentemente.