Núcleo de Cantanhede celebra 4 anos com inauguração de ossário

No passado dia 1 de Julho, o Núcleo de Cantanhede da Liga dos Combatentes assinalou o seu 4.º aniversário, com um conjunto variado de actividades.

O programa teve início com uma sessão de boas-vindas na Câmara Municipal de Cantanhede, onde estiveram presentes o presidente do município, João Moura, o presidente do Núcleo, Mário Cavadas, assim como o vice-presidente da LC, Fernando Aguda, e o Coronel coordenador do programa Fim do Império, Manuel Barão da Cunha, entre responsáveis de outras entidades, ex-combatentes, familiares e amigos.

A cerimónia prosseguiu com uma Celebração Eucarística na Igreja Matriz, celebrada pelo Padre João Pedro, pároco de Cantanhede, e a deposição de uma coroa de flores, junto ao monumento aos Combatentes do Ultramar.

Seguiu-se a inauguração do ossário da Liga dos Combatentes, no cemitério Municipal, obra, segundo Mário Cavadas, “nascida do empenho conjunto da Câmara Municipal de Cantanhede e do Núcleo da LC […]. Um ‘monumento’ bonito, bem decorado e que infunde muita dignidade a quem o vê e a ele se desloca para recordar os seus familiares”. Procedeu-se ao descerramento, inauguração e bênção do Ossário, tendo uma secção de militares do RI 10 de S. Jacinto prestado Homenagem aos mortos.

“A obra do ossário foi enquadrada num dos programas estruturantes da Liga dos Combatentes ‘Conservação das Memórias’. Na execução desta obra foi enaltecido o valor do Combatente no passado e no presente. Esta obra é, sem dúvida, uma prova inequívoca do respeito que nos merece todos os que deram a vida pela Pátria. O Núcleo de Cantanhede enaltece o apoio de todos os familiares e agradece a possibilidade de poder proporcionar uma digna última morada a todos os combatentes que ali encontrarão o seu merecido descanso”, frisou Mário Cavadas

Após a cerimónia de inauguração, teve lugar um almoço nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, “um momento de confraternização e salutar convívio”. Foram ainda condecorados, com a “Medalha das Campanhas” das Forças Armadas Portuguesas, quatro Combatentes e distinguido um outro com Diploma de Testemunho de Apreço, por ser o Porta Guião do Núcleo “de forma disponível e muito elevada”.

Pelas 16 horas decorreu ainda, na Biblioteca Municipal, e sob a presidência do Vereador da Cultura da CMC, Pedro Cardoso a cerimónia de apresentação Literária do livro “Descida do Amazonas”, recordando o cidadão Pedro Teixeira, nascido em Cantanhede e que se imortalizou “como português servidor de Portugal, como Homem, como militar, como explorador do Amazonas e como sertanista”.