Município de Cantanhede renovou certificaçãodo Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ)

O Município de Cantanhede acaba de obter a renovação da certificação do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da totalidade dos serviços pela norma ISO 9001, já ao abrigo da sua nova versão de 2015, sendo válida por mais um ciclo de três anos, com duas auditorias de acompanhamento a realizar no final de 2017 e de 2018.

Para assinalar o acontecimento, a vice-presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, acompanhada do vereador Pedro Cardoso, reuniu com responsáveis dos diferentes setores camarários, com quem debateu as exigências da nova certificação da totalidade dos serviços, no quadro da transição para a norma ISO 9001:2015. Na ocasião, a autarca recordou que “a renovação representa o culminar de 10 anos de reconhecimento de boas práticas na instituição, o que, antes do mais, fica a dever-se ao profissionalismo, à dedicação e ao sentido de responsabilidade com que os recursos humanos se empenharam na observância das normas e procedimentos dos respetivos processos”.

“Estão todos de parabéns”, sublinhou a responsável pelo pelouro administrativo e financeiro do Município de Cantanhede, lembrando que “a certificação corresponde a um investimento efetivo na valorização dos serviços e na otimização de métodos de trabalho, de modo a rentabilizar recursos e garantir elevados padrões de qualidade na satisfação das solicitações dos munícipes, das organizações e da comunidade em geral”. 

Para Helena Teodósio, “a renovação da certificação coloca a todos, dirigentes, chefias e funcionários, ainda maiores desafios, na perspetiva de que a melhoria contínua dos serviços é um desígnio que não damos nunca por concluído. Estou certa de que, como sempre aconteceu ao longo destes 10 anos, a resposta de todos será á medida das exigências”.

Atualmente, o Sistema de Gestão da Qualidade do Município de Cantanhede integra, gere e controla um total de 630 modelos de documentos, 40 mapas de processo e subprocesso, 17 procedimentos, nove Instruções de trabalho e o Manual da Qualidade, cuja avaliação é feita através de auditorias externas para deteção de inconformidades e implementação de ações corretivas.

Com a renovação segundo a norma ISO 9001:2015, a autarquia cantanhedense é das primeiras organizações a obter a totalidade dos seus serviços certificados nos termos do novo referencial normativo, além de que não há registo de qualquer outra Câmara Municipal com esta certificação global no âmbito da “Gestão Autárquica”.

A nova norma impõe algumas alterações relevantes à gestão dos processos, nomeadamente a inclusão de ferramentas baseadas na análise de riscos e oportunidades, consideração de contextos internos e externos, retenção do conhecimento organizacional, liderança e compromisso, entre outros, alargando assim o leque de ferramentas de apoio à gestão.

Outra das novidades é a criação de uma espécie de contraponto ao Livro de Reclamações, o denominado Livro do Elogio, onde os clientes da instituição podem deixar inscritas apreciações positivas ao tipo de atendimento prestado.

Também para os técnicos responsáveis pelo Sistema de Gestão da Qualidade da autarquia, “a renovação evidencia o reforço da trajectória de melhoria contínua obtido graças ao pleno comprometimento de todos os serviços, o que tem contribuído para o melhor desempenho de cada um dos processos, que no final se traduz na qualificação das respostas da organização nas diferentes áreas da sua actividade”.