Mira é um dos Municípios do País que menos gasta em juros e amortizações de empréstimos

O anuário financeiro dos Municípios Portugueses de 2015, editado pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, foi divulgado no dia 22 de Novembro e procede a uma análise exaustiva das contas de todos os 308 Municípios Portugueses.

Este relatório apresenta um conjunto de indicadores que permite avaliar a gestão económico-financeira de cada um dos Municípios. Da análise do referido documento resulta que o Município de Mira surge como sendo um dos que, a nível nacional, mais reduziu a sua despesa com a amortização de empréstimos (-64,3%), surgindo na 26.ª posição entre 308 Municípios.

Esta redução significa que, de 2014 para 2015, o Município de Mira “libertou” cerca de 356 mil euros para outras despesas importantes para o desenvolvimento económico e social do concelho.

De acordo com uma nota do município, o resultado alcançado torna-se ainda mais expressivo “tendo em consideração que, ainda de acordo com o mesmo documento, o Município de Mira foi também daqueles que menos juros e outros encargos financeiros suportou em 2015 (34º lugar a nível nacional)”.

Neste caso, em 2015, o Município de Mira gastou 14.204 euros com encargos financeiros, o que “não deixa de ser um resultado bastante significativo tendo em conta que, num passado recente, esta despesa chegou a ser superior a 250.000 euros (2012)”.

Segundo a nota da CMM, “os bons resultados alcançados só foram possíveis graças à forma extremamente rigorosa com que o actual Executivo tem gerido os recursos financeiros da Autarquia. Hoje há uma opção estratégica clara de, preferencialmente, financiar os novos investimentos que estão/irão ser realizados no Município através de Fundos Comunitários pois, dessa forma, evitaremos onerar as gerações futuras com mais endividamento”.