Mira cria sistema de recolha porta a porta de resíduos valorizáveis para reciclagem

A Câmara Municipal de Mira disponibiliza desde dia 11 de Julho, e em todo o concelho, um serviço gratuito de recolha porta a porta de resíduos valorizáveis para reciclagem, dirigido aos estabelecimentos comerciais.

Com este serviço, a CMM pretende contribuir para a sensibilização da população, “reduzindo, deste modo, a pegada ecológica do planeta”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul Almeida, acrescentando que, com o novo sistema porta a porta, “há mais colaboração e responsabilização dos cidadãos”.

Antes de entrar em prática, o novo sistema foi testado durante meses na Praia de Mira. “Começou com uma campanha, também ela porta a porta, levada a cabo por funcionários da ERSUC [Sistema Multimunicipal de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos do Litoral Centro] devidamente enquadrados por um técnico do Município e um autarca, e teve a adesão quase total dos estabelecimentos comerciais da Praia de Mira”, explica Raul Almeida.

A ERSUC é a empresa responsável pelo tratamento e valorização de resíduos sólidos urbanos em 36 municípios do Litoral Centro, abrangendo uma área de 6.700 Km2 e servindo uma população de cerca de um milhão de habitantes.

A partir de agora, em Mira, a ERSUC fará todas as segundas e quintas-feiras a recolha de embalagens, sejam elas cartão, plástico ou metal. As embalagens em vidro serão recolhidas às quartas e aos sábados. O serviço é gratuito.

Raul Almeida justifica a medida, explicando que “estudos levados a cabo por organizações ambientalistas revelam que o sistema de recolha porta a porta é muito mais eficiente do que o sistema de recolha em ecoponto, permitindo uma maior reciclagem de resíduos valorizáveis contribuindo deste modo para a eficiência do país, para além de contribuir para a diminuição da proliferação de aterros sanitários”.

Ao mesmo tempo que aplica o novo sistema de recolha porta a porta, a Câmara de Mira lançou uma operação em todo o concelho de limpeza e higienização dos chamados contentores de lixo.

“Queremos que estejam reunidas todas as condições de higiene e limpeza para enfrentarmos o verão, acolhendo da melhor maneira quem nos visita”, diz o autarca, salientando que esta operação arrancou na Praia de Mira, onde em dois dias foram higienizados 300 contentores.