Matias Damásio no réveillon da Praia de Mira

O cantor angolano Matias Damásio é o artista que vai animar a festa da passagem de ano da RFM, na Praia de Mira.

A presença do cantor foi confirmada esta quarta-feira (29 de Novembro) numa conferência de imprensa que teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho e que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Mira, Raul Almeida, do Presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, e de João Reis, da RFM.

Depois do sucesso dos anos anteriores, com Agir e Richie Campbell, é a vez do autor de “Loucos” animar a noite em que nos vamos despedir de 2017 e dar as boas-vindas a 2018.

Antes sobe ao palco a banda “A Puppet Show Named Julio”. A festa continua pela noite dentro com a dupla de Dj’s da RFM Rich & Mendes e com os Dj Electric Boys. A entrada é gratuita.

À meia-noite os céus iluminam-se com o já tradicional espectáculo de fogo-de-artifício, que acontece sobre a barrinha.

Durante a apresentação, Raul Almeida referiu que o evento conta com um orçamento de 70 mil euros, sendo que 90% do valor é comparticipado pelo programa Valorizar – Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino do Turismo de Portugal, que visa dinamizar as zonas afectadas pelos incêndios.

“Apesar dos incêndios que nos afectaram a 15 de Outubro, decidimos realizar a festa da passagem de ano à mesma”, partilhou o autarca, recordando as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa, “afinal, o futuro começa aqui”.

As expectativas são altas: “Esperamos que seja um êxito como foi nos últimos dois anos, em que contamos com cerca de 25 a 30 mil visitantes. A nível de hotelaria e restauração já começa a haver procura”.

João Reis, da RFM, realçou que “já há uma grande ligação emocional a Mira, pois é o terceiro ano consecutivo que realizamos a passagem de ano […] Há aqui uma união de duas marcas: a RFM e a CMM”.

 

“Na RFM estamos a fazer uma campanha para promover a visita aos sítios afectados pelas chamas, e a realização deste tipo de eventos também promove isso mesmo”, acrescentou.

Também presente, Pedro Machado, do Turismo do Centro, partilhou que o evento contará com o apoio da TC, que “tem vindo a desenvolver campanhas nacionais e internacionais e a criar factores de atração – neste caso, eventos – nos territórios atingidos pelos incêndios”.

“O réveillon da Praia de Mira é uma festa em que nos revemos e que já extravasa Mira e até o distrito de Coimbra. É m evento mobilizador, de dimensão nacional, capaz de atrair visitantes à região””, frisou. E embora assuma que “este ano foi um ano particular, é importante que o município não tenha deixado de fazer este evento, pois o carácter de continuidade é cada vez mais importante”.