Masculinos da Gira Sol novamente na I Divisão

Pelo oitavo ano consecutivo, a equipa masculina de atletismo da Gira Sol volta a integrar o restrito lote de emblemas que vai a competição na I Divisão do Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta, que se disputa nos 18 e 19 de Fevereiro, em Pombal

No passado fim-de-semana (21 e 22 de Janeiro) disputou-se, em Braga e em Pombal, o apuramento para o Campeonato Nacional de Clubes em Pista Coberta, competição da Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) que juntou 952 atletas de 85 equipas femininas e masculinas de emblemas de todo o País.

Em Pombal, a equipa da Gira Sol – Associação de Desenvolvimento de Febres entrou em pista para discutir o acesso à I Divisão – limitado às 8 melhores equipas de todo o apuramento, feito que tem vindo a conseguir nas últimas sete épocas.

Apesar da forte concorrência, os atletas da Gira Sol não se deixaram impressionar e conseguiram bons resultados. Em masculinos, o destaque vai para Rodrigo Almeida, 3.º melhor a nível nacional nos 800 metros, com 1,55.87segundos (só atrás de Miguel Moreira do Sport Lisboa e Benfica e de Sandy Martins do Sporting Clube de Portugal).

Em destaque estiveram também os atletas Xavier Rato, o 7.º mais rápido nos 60 metros; Mauro Fonseca, 8.º nos 60 metros barreiras; Daniel Santiago, 8.º no Lançamento de Peso de 7,260 kg e António Pedro Rocha, 9.º lugar nos 3 mil metros.

A excelente prestação colectiva da equipa masculina da Gira Sol garantiu o 7.º lugar na classificação geral e, consequentemente, o seu acesso à I Divisão do Campeonato Nacional de Clubes. Já a equipa feminina da Gira Sol manteve-se na II Divisão, a apenas 18,5 pontos de se apurar para a I Divisão. A nível individual, o destaque foi para Érica Grangeia, a 3.ª melhor nos 200 metros, com o tempo de 25, 75s, tempo que lhe permitiu bater o Recorde Distrital de Absolutos, que datava de 1991. Já a atleta juvenil Francisca Reis bateu o Recorde Distrital de Juvenis, estabelecido em 2002.

No geral, as jovens apostas da Associação de Desenvolvimento de Febres mostraram mais uma vez o seu valor, deixando antever um futuro risonho para o emblema do concelho de Cantanhede que tem como aposta colocar o atletismo da Gira Sol num patamar bem alto.

O título de Campeão Nacional da I e da II Divisões em Pista Coberta disputar-se-á em Pombal nos dias 6 e 7 de Março em Pombal.

Femininos

Andreia Silva (1500 e 3000 metros), Helena Gomes (triplo salto e 4×400 metros), Márcia Martins (400 metros e 4×400 metros), Diana Almeida (400 metros, e 4×400 metros), Bruna Varela (60 metros e salto em comprimento), Inês Arada (4x 400 metros), Juliana Rei (lançamento de peso), Érica Grangeia (200 metros), Sofia castanhas (salto em altura), Cláudia Estarreja (800 metros), Francisca Reis (salto com Vara),

Masculinos

Francisco Reis (5000 metros marcha), Gonçalo Pacheco (salto com vara), Fernando Almeida (4×400 metros), Adelino Oliveira (1500 metros), António Pedro Rocha (3000 metros), Mauro Rodrigues (salto em comprimento e triplo salto), Mauro Fonseca (60 metros