Jovens Geocientistas reúnem-se na UC

Nos próximos dias 8 e 9 de Abril realiza-se, no Departamento de Ciências da Terra da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), no Polo II, o Congresso dos Jovens Geocientistas.

Esta iniciativa, que já vai na sua 11.ª edição, envolve a participação de alunos e professores dos Ensinos Básico e Secundário, em torno de temáticas no âmbito das geociências consideradas relevantes para a promoção de uma cultura de adaptabilidade aos desafios globais e de sustentabilidade do planeta Terra.

Tendo como ponto de partida a celebração do centenário da publicação da obra de Alfred Wegener acerca da origem dos continentes e dos oceanos, mais de centena e meia de alunos e professores de 11 escolas de todo o país vão ter a oportunidade de apresentar e discutir trabalhos de investigação por eles elaborado em torno de uma das mais importantes teorias sobre o funcionamento da Terra: a teoria da deriva Continental, precursora da teoria da Tectónica de Placas.

De acordo com Alexandre Tavares, director do Departamento de Ciências da Terra, “o congresso visa igualmente assinalar os 215 anos de ensino formal em Geociências, em português, através da primeira cátedra em ‘Geologia e Minas’, criada por carta régia, em 18 de Maio de 1801, na Universidade de Coimbra, assim como os 25 anos da unidade orgânica Departamento de Ciências da Terra, o que muito nos honra e responsabiliza na afirmação da relevância das Geociências”.

Este XI Congresso é também marcado pela realização de um Concurso de Fotografia sobre Geodiversidade, que envolveu igualmente estudantes universitários, e que procurou estimular nos participantes o gosto por captarem os valores estéticos e científicos da geodiversidade da Terra.

Com quase uma centena de fotos a concurso, os resultados serão anunciados durante o congresso, que se realiza no Auditório do Edifício central da FCTUC. O programa está disponível em: https://sites.google.com/site/cjgeocientistas/