Investigação revela que 65 % dos portugueses sofrem de deficiência de Vitamina D

Com o objectivo de estimar a prevalência global da deficiência de Vitamina D, a sua prevalência por idade, género e regiões, uma equipa de investigadores do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra realizou o primeiro estudo nacional para determinação da carência de Vitamina D em Portugal -“Deficiência de Vitamina D em Portugal: Um mito ou uma realidade?”. A investigação revelou que 65 % dos portugueses sofrem de deficiência de Vitamina D.

Este e outros resultados deste estudo serão apresentados na 2.ª edição do Fórum D, que se realiza no sábado, dia 15 de Outubro, em Coimbra.

Desenvolvido no âmbito do EpireumaPt, este estudo pretende dar resposta a todas as dúvidas e mitos que existem à volta da Vitamina D. Apesar de Portugal ser um país com elevado índice solar, a deficiência desta vitamina torna-se uma realidade cada vez mais acentuada. Para comprovar esta tendência, os resultados preliminares deste estudo mostram que aproximadamente 65 % da população tem deficiência de Vitamina D, sendo que 15% tem mesmo deficiência grave, ou seja, a vitamina D no organismo é inferior a 10ng/mL.

Segundo Cátia Duarte, investigadora do CHUC, “estas percentagens variam consoante as estações do ano e as taxas de insolação, sendo que o inverno acentua, efectivamente, esta deficiência. Este estudo revela que no género feminino e indivíduos não caucasiamos, existe uma maior tendência para níveis deficientes de Vitamina D”.

Com uma amostra de cerca de 3000 indivíduos de todo o país (continente e regiões autónomas) e com idades entre os 18 e os 64 anos, este estudo permitiu pela primeira vez obter dados representativos dos níveis de Vitamina D na população portuguesa, o que até à data não se verificou.

O primeiro estudo para determinação da prevalência de Vitamina D em Portugal será apresentado por Cátia Duarte (do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra), na 2.ª edição do Fórum D, que tem como objectivo a partilha de conhecimentos sobre a Vitamina D e o debate sobre a carência desta vitamina em Portugal.