Helena Teodósio foi à Galiza conhecer sistema de proteção civil

A presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Helena Teodósio, integrou a comitiva organizada pela Comunidade Intermunicipal Região de Coimbra (CIM RC) que foi “conhecer e interagir com a estrutura de protecção civil, gestão e prevenção florestal da Junta da Galiza, no sentido de permitir adquirir novas metodologias de preparação e intervenção possíveis de replicar nos territórios dos concelhos que integram a CIM RC”.

Nesse âmbito, a líder do executivo camarário cantanhedense e demais autarcas da Região de Coimbra estiveram nas instalações da Academia Galega de Segurança Pública e no Centro Integrado de Assistência à Emergência, onde, acompanhados pelo Director Geral de Emergências e Interior da Galiza, Luís Menor, recolheram informação sobre o funcionamento do sistema protecção civil e emergência da Galiza, bem como a resposta que esta região espanhola está a dar aos incêndios de Outubro de 2017, que também afectaram esta região espanhola.

A visita terminou ea 13 de Março, com reuniões da comitiva da CIM RC com o Governo Regional da Galiza e com a Associação de Autarcas Galegos, no âmbito das quais foi abordada a concertação de estratégias e medidas de resposta aos incêndios florestais.

Recorde-se que após os incêndios florestais de Outubro de 2017, o Governo galego anunciou um pacote com 33 medidas de resposta à grave situação que fez parte da agenda do encontro de trabalho.

A recuperação de áreas ardidas, a prevenção de incêndios florestais e o conhecimento do modelo de autonomia de protecção civil da região da Galiza foram também as questões debatidas no âmbito de encontros mantidos com María Luz Macho, Subdirectora Geral de Meteorologia e Alterações Climáticas, e Tomás Fernández-Couto, Director Geral do Ordenamento Florestal. A ronda dos autarcas da Região de Coimbra pelas entidades de proteção civil galegas incluiu ainda reuniões com o Vice-presidente da Junta da Galiza, Alfonso Rueda, a Conselheira do Meio Rural, Ángeles Vázquez, o Director da Euroregião Galiza-Norte de Portugal, José Lago, a Subdirectora da Euroregião Galiza-Norte de Portugal, Graça Marques, o Administrador da Agência Galega de Emergências, Marcos Araújo e Nava Castro, Diretora do Turismo da Galiza.

Além disso, na visita à Agência Galega de Emergências, foram acompanhados por Alfonso Villares, Alcalde de Cervo e primeiro vice-presidente da Federação Galega de Municípios e Províncias, José Miñones, Alcalde de Ames, Xosé Luis García, Alcalde de Brión, Andrés Díaz Sobral, Alcalde de Ponte Caldelas, e Fernando Suárez, Alcalde de Ribadeo.

A visita da delegação da CIM Região de Coimbra à Galiza surge na sequência dos incêndios florestais ocorridos em 2017 e que destruíram cerca de 122 mil hectares de área florestal, sendo esta região espanhola um exemplo de boas práticas nos domínios da proteção civil, gestão e prevenção de fogos florestais.