Fundação EDP lança “EDP Solidária 2016”

A Fundação EDP apresenta esta quarta-feira, dia 20 de Abril, o “EDP Solidaria 2016”, o maior programa privado de investimento nacional criado em 2004, e que visa apoiar projectos que promovem a melhoria da qualidade de vida de pessoas e comunidades em situação vulnerável ou em risco de exclusão social, através de um apoio anual de 2,1 milhões de euros.

Em 2016 o “EDP Solidária”, que apoiou já cerca de 300 projectos em todo o país, num investimento global superior a 9 milhões de euros, volta a estar estruturado em três grandes programas: saúde, inclusão social e educação. As candidaturas decorrem de 2 a 15 de Maio, e de 27 de Junho a 17 de Julho, para os projectos de inclusão social e saúde, respectivamente.

Em 2016 o apoio no campo da saúde vai para a área dos Cuidados Paliativos de adultos. Uma vez mais pretende-se privilegiar projectos destinados a melhorar as condições clínicas e sociais decorrentes de problemas de Saúde, apresentados por instituições do serviço nacional de saúde e IPSS, e que passam pela reabilitação de instalações degradadas ou aquisição de equipamentos médicos relevantes ao nível do diagnóstico e tratamento de patologias.

No caso da inclusão social são seleccionados projectos que têm como objectivo atenuar situações nesta área que sejam reconhecidamente relevantes, em particular intervenções que promovam a inclusão social.

Na área da educação o Programa atribui bolsas de estudo a estudantes universitários de mérito, em situação de carência social, identificados em colaboração com as respetivas instituições de ensino.

“Mais do que o investimento financeiro que este Programa representa, o que é realmente importante são as situações reais e as histórias dos cerca de meio milhão de pessoas cujas vidas melhoram significativamente graças aos projectos que apoiamos. São esses números que têm relevância e motivam o nosso total compromisso em contribuir, de forma consistente, para as causas mais prementes da sociedade civil, através da nossa actuação na área da Inovação Social, um dos pilares estruturais da Fundação EDP”, refere Miguel Coutinho administrador e director geral da Fundação EDP.

Recorde-se que só em 2015 o Programa apoiou 25 projectos de inclusão social e atribuiu duas dezenas de bolsas a alunos universitários de mérito, em situação de carência social. No campo da Saúde, foram financiados 12 projectos na Cardiologia e Psiquiatria da Infância e da Adolescência, seis dos quais integrados no Serviço Nacional de Saúde.