Exposições para todos os gostos vão surpreender visitantes da Expofacic

A 27.ª edição da Expofacic – Feira Exposição Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede vai surpreender os visitantes com exposições para todos os gostos. Desde réplicas em Lego a viagens “científicas” para os mais pequenos, animais e plantas exóticas de lugares distantes, a representações culturais tão nossas, como as peças características de Bordallo Pinheiro, os lenços de namorados de Viana ou a arte de tecelagem do linho.

A Expofacic – Feira Exposição Agrícola, Comercial e Industrial de Cantanhede apresenta este ano uma área cultural e educativa animada com várias exposições, patentes durante todo o certame, que vão surpreender os visitantes pela sua diversidade e interesse para todas as faixas etárias.

Para os mais pequenos – e também muitos apreciadores adultos – , a exposição Arte em Peças vai encher um espaço de 1500 metros quadrados com construções em LEGO. Vão estar expostas várias esculturas e construções que impressionam pelo detalhe e minúcia. Os visitantes vão poder também experimentar e criar as suas próprias construções. Esta exposição é promovida pela Comunidade 0937, que nasceu de um pequeno grupo de pessoas que partilhava, entre outras coisas, uma enorme e entusiástica paixão por LEGO. O principal objetivo desta comunidade é fomentar o interesse pelo hobby, promover a discussão de novidades, técnicas e ideias de construção, e tudo o mais que esteja relacionado com o que defendem ser muito mais do que um brinquedo.

Fruto de uma parceria com o Exploratório, Centro de Ciência Viva em Coimbra, surge o Espaço Ciência (Com a cabeça na Lua). Com o objetivo de fazer chegar a ciência a todos os públicos e gostos, os visitantes vão entrar num labirinto que termina numa representação gigante da lua, ver “Morcegos às claras”, explorando o mundo destes surpreendentes mamíferos noturnos, brincar com “Jogos de luz e cor” e admirar uma exposição de “Astrofotografia” com imagens de grande beleza e qualidade.

Património Cultural Português em destaque

O património cultural português vai estar em destaque nesta EXPOFACIC. A exposição Bordallo Pinheiro, com a colaboração do grupo Visabeira, apresenta uma exposição de louças e faianças da Fábrica Bordallo-Pinheiro, algumas, fruto de colaborações com artistas contemporâneos de renome internacional como, por exemplo, Joana Vasconcelos. Raphael Bordallo-Pinheiro (1846-1905) foi um artista português, desenhador, aguarelista, ilustrador, decorador, caricaturista, jornalista, professor e ceramista. O seu nome está intimamente ligado à caricatura portuguesa, à qual deu um grande impulso, imprimindo-lhe um estilo próprio que lhe trouxe o reconhecimento nacional. É o autor da representação popular do Zé Povinho, que se veio a tornar num símbolo do povo português. Na sua Fábrica de Faianças das Caldas da Rainha nasceram peças de traço ainda hoje produzidas e facilmente identificáveis pelo seu cunho tão pessoal: jarras, vasos, jarrões, pratos e outras peças.

Numa parceria com o Município de Vila Verde, a exposição Namorar Portugal conta com a presença de artesãos e promotores de vários setores, que se inspiraram nas mensagens de amor dos Lenços de Namorados, adaptando-os a novos produtos, marcados pela criatividade e inovação. A marca “Namorar Portugal” e os produtos a ela associados reinterpretam o ícone identitário do concelho de Vila Verde – os Lenços de Namorados, traduzindo-o em diversos produtos, desde acessórios de moda, sapatos, vestuário, artigos de decoração, artesanato, têxtil-lar, produtos gourmet, entre outros. Com origem no século XVIII, os Lenços de Namorados, ou Lenços de Pedido, eram, segundo a tradição minhota, panos de linho ou de algodão alegremente bordados, com motivos florais, símbolos amorosos e mensagens em quadras num português arcaico, algumas vezes com erros ortográficos, evidenciando a falta de escolaridade das autoras, habitualmente raparigas simples dos meios rurais da região do Minho, que declaravam o Amor através desta forma de código. Depois de bordado, secretamente, faziam chegar o lenço ao amado e, se este o usasse em público, era sinal que o amor era correspondido.

Junto a este espaço, os visitantes vão encontrar a exposição Ciclo do Linho, que dá a conhecer as principais etapas que vão desde o nascimento até ao produto final, que é o fino pano de linho. Todos os instrumentos e utensílios de trabalho utilizados no Ciclo do Linho, bem como peças elaboradas em linho e sua forte simbologia poderão ser apreciadas graças à colaboração do Município de Vila Verde e do Museu do Linho de Marrancos (Vila Verde).

Mas ainda há mais para ver: a exposição de Peixes e Plantas Aquáticos apresenta aquários representativos da fauna e flora aquática de todo o mundo, representativos de vários ecossistemas, e um lago artificial transformado em um jardim aquático com plantas aquáticas. A exposição de Animais Exóticos apresenta répteis e anfíbios, como: piton de sangue, monitor australiano (familiar do dragão de Komodo), tartaruga de esporas africana, jabuti de pata vermelha, rã leopardo, entre muitos outros. Também podem ser apreciadas aves tropicais, como araras, papagaios, catatuas, aratingas, lóris, princesas de Gales e agapornis. A exposição inclui sessões de sensibilização por parte dos criadores, onde os visitantes poderão esclarecer dúvidas sobre o dia-a-dia destes animais, e também interagir com eles, e um Show de Araras.

 

Cartaz de concertos

 

DATA  PALCO PRINCIPAL

 

PALCO SAGRES
27 julho Richie Campbell, Dengaz Magazino
28 julho Kura, Jimmy P, Virgul Menaka
29 julho God Save the Queen, Redfoo & The Party Rock Crew Francisco Cunha
30 julho Tony Carreira, Somos Portugal (TVI) Sara Santini
31 julho D.A.M.A., Karetus Menasso
1 agosto Diogo Piçarra, Salvador Sobral KEVU
2 agosto Mariza, Cuca Roseta Diana Oliveira
3 agosto The Cranberries, Naughty Boy Rodrigo Vieira
4 agosto Agir, Áurea, Diego Miranda Steven Rod
5 agosto C4 Pedro, Matias Damásio RIOT, Lzrd & dBMatter
6 agosto Xutos & Pontapés, Brigada Vitor Jara Overule