Exposição “Nasceu um menino” na Biblioteca Municipal de Cantanhede

Na Biblioteca Municipal de Cantanhede, foi inaugurada no dia 3 de dezembro a exposição Nasceu um Menino, constituída por 18 presépios elaborados por utentes de Centros de Dia e Lares de Idosos do concelho. Este é já o 16.º ano em que a Biblioteca Municipal reserva o mês de dezembro para expor trabalhos relacionados com o tema “presépio”.

Na mostra deste ano estão expostos presépios elaborados por utentes de diversas instituições de solidariedade social do concelho nomeadamente, o Centro Social Paroquial de Cadima, o Centro Social Paroquial de Cordinhã, o Centro Social Paroquial de S. Caetano, o Centro Paroquial de Solidariedade de Febres, o Centro Paroquial de Solidariedade Social de Ançã, o Centro Social e Comunitário da Varziela, o Centro Social Polivalente da Freguesia de Murtede; Centro Social e Polivalente de Ourentã e o Centro Associação Cívica dos Amigos da Freguesia da Pocariça, a Associação de Desenvolvimento Progresso e Vida da Tocha, a Associação Social, a Associação Cultural e Ecológica da Póvoa da Lomba, a Associação Social Cultural e Recreativa da Camarneira, a Comissão de Melhoramentos do Corticeiro de Cima, a Comissão de Melhoramentos de Vilamar, a Prodeco – Associação Progresso e Desenvolvimento de Covões, e ainda pelos Lares da Santa Casa da Misericórdia de Cantanhede, da Fundação Ferreira Freire, de Portunhos e de Nossa Senhora da Tocha.

Na mostra “Nasceu um menino” estão patentes presépios elaborados por Idosos das referidas instituições, utilizando para a sua criação materiais variados, com destaque para o papel, madeira, tecidos, barro, materiais naturais, plástico e entre muitos outros. Na mostra é possível constatar a riqueza e diversidade dos trabalhos, traduzidas na originalidade das formas dos presépios e nos processos e materiais utilizados no fabrico das peças expostas. Em cada trabalho desta coleção está presente a criatividade dos diversos artistas, que, com a sua arte e sensibilidade, fizeram nascer peças únicas e de rara beleza. Por trás de cada presépio estão a força, a autenticidade e a beleza dos materiais utilizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *