Exposição de Isabel Pereira na Biblioteca Municipal de Cantanhede

A Biblioteca Municipal de Cantanhede tem patente ao público, até 29 de Fevereiro, a exposiçãoPatchwork embutido, da artesã Isabel Pereira.

A mostra é constituída por 40 trabalhos elaborado a partir da técnica artesanal patchwork, em que a autora evidencia todo o seu talento através de quadros, caixas e molduras decorativas, entre muitos outros trabalhos, demonstrando a extensão do seu universo criativo na abordagem de diversas temáticas.

A técnica usada por Isabel Pereira para a criação dos seus trabalhos, o patchworkembutido, é uma vertente de artesanato que permite a criação de peças muito coloridas e com um óptimo acabamento. Neste tipo de artesanato, assim como no patchwork convencional, os tecidos são os materiais mais utilizados para produzir os desenhos e relevos das peças.

No patchwork embutido, ao contrário do tradicional, não são utilizadas costuras pois os tecidos são basicamente embutidos em placas de papel pluma.

Sobre Isabel Pereira

Isabel Pereira nasceu em 1971, em França, país onde viveu até aos 8 anos.

Em 2010 iniciou a formação em artes decorativas, especializando-se na técnica de patchwork embutido. Desde essa altura tem dedicado muito do seu tempo a esta actividade, criando trabalhos de natureza diversa, sempre com o recurso aos têxteis.

Entre as suas criações artísticas, destacam-se os quadros de temáticas variadas, os bonecos em tecido e, mais recentemente, as bonecas russas.

A artesã Isabel Pereira já teve oportunidade de expor os seus trabalhos no Coimbra Shopping, na Biblioteca Municipal de Montemor o Velho e na Casa do Juiz, em Coimbra.