Exposição de fotografia sobre população sénior na Biblioteca Municipal de Cantanhede

“Qual Seria a Sua Idade se não Soubesse que Idade Tem?” é a questão subjacente à exposição de fotografia que está patente ao público na Biblioteca Municipal de Cantanhede.

São rostos e expressões de seniores que pretendem estimular a reflexão sobre as vantagens de uma vida activa e sobre o modo como o seu potencial de conhecimento e capacidade de trabalho pode ser útil à comunidade.

No total, são mais de 60 imagens de pessoas que, individualmente ou em grupo, deixam transparecer uma atitude de confiança perante a vida, mitigando o efeito da idade com uma postura positiva e de disponibilidade para novos desafios.

A exposição faz parte do programa de actividades do VIVER+DESAFIOS: Acredite no Potencial Sénior, projecto gerontológico que está a ser desenvolvido por Christiane Marques, estagiária de Gerontologia Social na Divisão de Educação e Acção Social da Câmara Municipal de Cantanhede. A inauguração contou com a presença do vereador Pedro Cardoso, que na ocasião valorizou “o alcance da abordagem extremamente criativa a uma questão que está na ordem do dia e que iniciativas desta natureza influenciam positivamente, neste caso através da mobilização dos seniores para acções que geram benefícios para os intervenientes, a vários níveis”.

O autarca saudou a propósito “a elevada participação que as actividades do VIVER+DESAFIOS têm registado, o que é bem sintomático da disponibilidade e do interesse que este sector particular da população se envolve em projectos desta natureza, à semelhança de outros que a Câmara Municipal tem vindo a desencadear neste domínio”.

O projecto VIVER+DESAFIOS pretende realçar a importância do poder local na criação de condições favoráveis à elevação dos padrões de qualidade de vida dos seniores e na valorização do seu papel na comunidade, promovendo junto dos cidadãos desta faixa etária vivências activas e criativas.

No caso da exposição de fotografia fotográfica, esta foi desenvolvida com um grupo de idosos não institucionalizados de São Caetano e Cantanhede. As quatro sessões fotográficas realizadas para o efeito contaram com o apoio da Associação FotografARTE e do fotógrafo Daniel Marques, professor na Universidade Sénior de Oliveira do Bairro.