Exposição de fotografia “Festival Cata-sonhos” na Biblioteca Municipal de Cantanhede

A Biblioteca Municipal de Cantanhede tem patente ao público, até dia 30 de Novembro, a exposição de fotografia “Festival Cata-sonhos”, de autoria de Ana Sofia Grilo, Catarina Gralheiro e Luís Cutelo.

Os fotógrafos pertencem à FotografARTE, Associação de Fotografia de Cantanhede e fizeram o acompanhamento fotográfico da 1.ª edição do Festival Cata-sonhos.

Com um total de 24 registos fotográficos, a mostra pretende apresentar alguns dos momentos mais marcantes da 1.ª edição do festival, destacando a enorme qualidade e diversidade artística e cultural dos participantes. Uma demonstração clara e inequívoca de que o concelho de Cantanhede tem a cultura muito enraizada nas suas gentes.

Sobre o 1.º Festival Cata-sonhos

O festival decorreu no passado dia no dia 15 de Setembro, no salão da Associação Humanitária Bombeiros Voluntários, em Cantanhede, e teve como objectivo principal dar a conhecer talentos existentes no concelho, em áreas artísticas tão diversificadas como a escultura em madeira, canto, comédia, dança, declamação, dramatização, prática instrumental, ilusionismo, ilustração, pintura e teatro. O evento foi aberto a participantes, de todas as idades, que durante um período máximo de 4 minutos puderam apresentar perante o júri um pouco da sua arte.

A iniciativa contou com a presença de vinte e cinco participantes em vinte apresentações, tendo o 1.º prémio sido partilhado por Christiane Marques e Rita Faustino (Canto). Já o 2.º prémio foi para Maria Carolina Pessoa (Ilustração) e o 3.º terceiro prémio para Jacinta Rua e Laura Lourenço (Canto). Será importante realçar que os participantes, Lia Falcão, Micaela Cabral e Alexandre Ferreira mereceram uma menção honrosa pelo belíssimo trabalho desenvolvido e merecedor desta atribuição.

A coordenação e direcção do festival esteve a cargo de Pedro Santos e de uma equipa organizadora, da qual fizeram parte as associações: ARCUMA (Malhada), CSRCS (Sanguinheira) e ainda CDCPAS (Venda Nova), contando ainda com o especial apoio do Município de Cantanhede, bem como da União de Freguesias Cantanhede e Pocariça, da União de Freguesias do Sepins e Bolho, da Junta de Freguesia dos Covões e da Junta de Freguesia Sanguinheira. A iniciativa teve ainda como parceiros a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, da Associação FotografARTE, o Crédito Agrícola de Cantanhede e Mira, o Freixial Shopping, a Música.com Coimbra/Aveiro e a Miss Rose Audiovisuais.