ETPC promove hábitos saudáveis na Semana da Alimentação

No âmbito do Projecto Eco-Escolas, a Escola Técnico-Profissional de Cantanhede (ETPC) realizou, pela primeira vez, entre os dias 17 e 19 de Outubro, a “Semana da Alimentação Saudável”.

Muitas das doenças crónicas que hoje atingem mais de 50% das famílias portuguesas devem-se a uma alimentação com excesso de sal, açúcar e energia e pobre em fruta e hortícolas. Na verdade, muitos destes hábitos alimentares adquirem-se desde a nascença e consolidam-se nos primeiros anos de vida, não mais nos abandonando. Neste contexto, esta iniciativa teve a intenção de sublinhar a importância de estilos de vida saudáveis e sustentáveis, focando a atenção na alimentação e teve como objectivo geral promover hábitos alimentares saudáveis.

Assim, as acções desenvolvidas pretenderam não só sensibilizar a população escolar para a adopção de práticas de alimentação e estilos de vida saudáveis, salientando a importância dos bons hábitos alimentares na preservação da saúde, como também promover uma ligação dos adolescentes à prática desportiva, contribuindo para uma comunidade escolar informada, consciente e responsável no que diz respeito aos hábitos alimentares.

A primeira palestra, dinamizada pela Enf. Gabriela Saraiva, da Unidade de Cuidados Continuados de Cantanhede, pretendeu sensibilizar os alunos para as doenças do comportamento alimentar, nomeadamente a obesidade e anorexia/bulimia; dar a conhecer os princípios para uma alimentação saudável; salientar a importância do pequeno-almoço e das merendas, a importância da sopa; a necessidade de aprender a comer bem; de conhecer as noções básicas de segurança alimentar, entre outros temas relacionados com a saúde alimentar.

A segunda palestra, dinamizada por uma equipa da DECOJovem, subordinada ao tema “Saber Ler Rótulos”, teve como principal objectivo dotar os jovens de conhecimentos, atitudes e valores que os ajudem a fazer opções e a tomar decisões adequadas à sua saúde e ao seu bem-estar físico, social e mental, bem como à saúde dos que os rodeiam, conferindo-lhes assim um papel interventivo.

A partir da leitura do rótulo de vários produtos alimentares escolhidos com base na alimentação dos adolescentes, os alunos puderam interpretar e conhecer melhor os ingredientes presentes nos rótulos, compreender o significado de Dose Diária Recomendada (DDR), descobrir a diferença entre produtos magros e light e escolher de forma mais saudável os produtos alimentares.

Ainda no âmbito desta efeméride, por forma a comemorar a Semana da Alimentação, algumas turmas da ETPC criaram materiais informativos (e formativos), tais como Flyers para serem distribuídos pela comunidade escolar assim como pela comunidade local. Criaram ainda um placard que mostra a quantidade de açúcar contidas nas bebidas que ingerimos ao longo do dia.

Para o culminar de uma semana de actividades, a ETPC realizou uma Caminhada Cárdio-Saudável pela cidade de Cantanhede. Esta actividade visou sensibilizar os jovens para a importância da prática de actividade física, para um bem-estar físico e emocional e como forma de prevenção de doenças, como a obesidade. O ponto alto da iniciativa foi a formação do 1.º Mosaico Vivo do logótipo da ETPC, na Praça Marquês Marialva, em frente à Câmara Municipal de Cantanhede, seguido de caminhada pela cidade. Para retemperar forças, no final da realização do Mosaico Vivo, foram servidas frutas e batidos e, posteriormente um almoço saudável aos alunos e participantes.

Numa nota enviada ao AuriNegra, a ETPC refere que “é neste sentido, que consideramos que a escola deve também promover actividades que permitam a aprendizagem sobre alimentos e hábitos saudáveis como a degustação de alimentos e a aprendizagem de novos sabores, realização de hortas escolares/pedagógicas, participação em visitas de estudo a locais agrícolas e de produção de alimentos locais, entre outras actividades enriquecedoras no que diz respeito à alimentação saudável”.