Espumantes da Baga Bairrada mostram-se em Londres

Os espumantes da Bairrada da casta Baga vão ser apresentados em Londres esta quinta-feira (21 de Abril), num evento na Embaixada de Portugal que junta críticos de vinhos, enófilos, produtores e proprietários de restaurantes e lojas.

A iniciativa partiu do embaixador português em Londres, João de Vallera, que tem por hábito promover nos postos diplomáticos por onde passou nos últimos anos (Washington, Berlim e Londres) jantares vínicos e sessões de promoção de vinhos nacionais, com especial atenção à Bairrada.

“O embaixador é um grande divulgador da Região da Bairrada”, reconheceu recentemente Alexandrino Amorim, das Caves São Domingos, durante a apresentação de alguns dos vinhos da nova temporada, em especial o espumante Baga branco.

Na embaixada de Londres, João de Vallera organizou já, entre outras, uma prova de vinhos do produtor bairradino Luís Pato e do grupo “Baga Friends”, iniciativas que lhe valeram um texto muito elogioso no Financial Times, onde é descrito por críticos de vinho e produtores como “um dos maiores divulgadores de vinhos portugueses” no estrangeiro.

O evento desta quinta-feira teve a adesão da Região Vitivinícola da Bairrada (CVB), que juntou vinhos “Baga Bairrada” de sete produtores de espumantes: ‘Marquês de Marialva Baga Bairrada Bruto 2013’ (Adega de Cantanhede); ‘Aliança Baga Bairrada Reserva Bruto 2013’ (Aliança Vinhos de Portugal); ‘Montanha Baga Bairrada Grande Cuvée 2009’ (Caves da Montanha); ‘Primavera Baga Bairrada Extra Bruto 2013’ (Caves Primavera); ‘São Domingos Baga Bairrada Bruto 2008’ (Caves do Solar de S. Domingos); ‘Quinta do Poço do Lobo Baga Bairrada Bruto Natural 2013’ (Caves São João); e ‘Rama&Selas Baga Bairrada Bruto Natural 2013’ (Rama&Selas).

A Iniciativa promovida pela CVB, ‘Baga Bairrada’ é aberta a todos os produtores da região, “com o propósito de estabelecer um standard colectivo para “um espumante” feito a partir da casta bandeira da região, a Baga.

“Uma nova categoria para um produto distinto, com regras de produção e identidade gráfica próprias, criada para melhor promover e vender a região – e seus vinhos – em Portugal e no Mundo”, resume a CVB.

Pelo seu lado, o projecto Baga Friends nasceu em 2010 e tem como objectivo preservar e promover os vinhos da Bairrada produzidos com a casta Baga, predominante na Bairrada.

Os principais impulsionadores do grupo começaram por ser Mário Sérgio Alves Nuno (Quinta das Bágeiras) e Filipa Pato, enóloga e produtora, que quiseram expressar publicamente a preocupação com o arranque das vinhas de Baga e com o facto de muitos produtores da região apostarem totalmente em castas internacionais.

Produtores da Bairrada e um do Douro acabaram por unir esforços na defesa e promoção da casta Baga, formando os Baga Friends, grupo que actualmente junta Filipa Pato (Filipa Pato & William Wouters), Mário Sérgio Alves Nuno (Quinta das Bágeiras), Luís Pato (Luis Pato), Dirk Niepoort (Niepoort/Quinta de Baixo), Vinhos Buçaco (Alexandre de Almeida e António Rocha), Sidónio de Sousa (Paulo Sousa) e Quinta da Vacariça (François Chasans).