Efervescente quer promover a cultura

Na Gândara há uma nova editora que promete fazer a região mexer. A Efervescente nasceu em Setembro deste ano e consiste num colectivo de jovens artistas multidisciplinares com vontade de apostar em novos projectos. No total, a editora envolve músicos, produtores, designers, fotógrafos, programadores, realizadores, pintores, dj´s e vj´s.14691981_1652822418291751_1069794999256715001_o

Ao AuriNegra, Johnny Gil explicou que o projecto nasceu “da necessidade em agregar os variados agentes culturais da região gandaresa, criando uma plataforma de intercâmbio entre os artistas locais, nacionais e internacionais, combatendo assim o marasmo cultural que se vive actualmente nesta zona do país”.

Materializado sob a forma de produtora e agência, a Efervescente pretende, como nos refere, “disseminar todos os projectos criativos e culturais realizados pelo colectivo, sempre articulados a outros artistas e associações emergentes nacionais e internacionais”.

“Através de variadas linguagens artísticas, sociais e transmedia, promovemos a nossa intervenção cultural por todo o país, inspirados pelo imaginário da nossa região”, frisa o músico e um dos mentores deste projecto.

Para promover a Efervescente serão realizados, já em Novembro, dois eventos. Dia 4 de Novembro, no Centro Cultural e Recreativo da Pena, e dia 5, no bar Piolho, na Praia da Tocha, com concertos de Senhor Doutor e Eduardo Martins, e também Dj Sets a cargo de Johnny Gil, Jorge Ferreira, Alex o T-Rex e As Marianas.

Para mais informação pode visitar visitar o https://www.facebook.com/efervescente