Eco-Escolas de Cantanhede hastearam a Bandeira Verde

A pretexto do World Day of Action, iniciativa que decorreu de 6 a 10 de Novembro e que tem como finalidade dar visibilidade ao trabalho que as Eco-Escolas realizam em prol das comunidades onde estão inseridas, os estabelecimentos de ensino do Município de Cantanhede, distinguidos com esse estatuto, hastearam a Bandeira Verde no dia 7 de Novembro.

Recorde-se que, à semelhança de anos anteriores, o concelho destacou-se pelas 17 Eco-Escolas de diversos níveis escolares galardoadas em função dos projectos de educação ambiental que desenvolveram. A autarquia cantanhedense recebeu, novamente, o certificado “Município Parceiro Eco-Escolas 2017”, como reconhecimento por ter colaborado na elaboração das candidaturas e no desenvolvimento das actividades de cada um dos estabelecimentos de ensino, além de que atribuiu aos agrupamentos de escolas um subsídio para o efeito, assegurou suporte técnico e logístico e proporcionou a todos os alunos envolvidos uma viagem de estudo com incidência em temas relacionados com questões ambientais.

Por ocasião do hastear das Bandeiras, o vice-presidente e vereador responsável pelos pelouros da Educação e do Ambiente, Pedro Cardoso, referiu que o acto “simboliza o compromisso da comunidade escolar em continuar este importante trabalho de educação ambiental e até mesmo de educação para a cidadania, pois implica que sejam mais interventivos, críticos, responsáveis”. O autarca afirmou também que “este programa é uma forma de induzir estratégias de intervenção na comunidade, baseadas na identificação de problemas e na busca de soluções que visem um dia-a-dia mais sustentável”. 

Para Pedro Cardoso, “este gesto simbólico é uma forma de reconhecimento aos alunos, professores, técnicos auxiliares, pais e encarregados de educação, no fundo a todos os intervenientes nesta iniciativa, pelo empenho na implementação de ações sobre a defesa do ambiente e do desenvolvimento sustentável, dando a melhor resposta possível a este grande desafio que hoje se coloca a todos quantos estão envolvidos no processo educativo”.

No âmbito do World Day of Action, repetiu-se o hastear da Bandeira Verde em todas as Eco-escolas do concelho, com a participação dos alunos, professores, educadores, técnicos auxiliares, bem como de representantes das respetivas juntas de freguesia, direção dos agrupamentos de escolas e associações de pais. Do Agrupamento de Escolas Lima-de-Faria, o símbolo foi içado na EB1 Balsas, EB1/JI Febres, EB1 Covões, EB1 Corticeiro de Cima, JI do Corticeiro de Cima, EB1/JI de Vilamar, EB1/JI de S. Caetano, EB 2,3 Carlos de Oliveira, Febres e Escola Secundária Lima de Faria – Cantanhede. Acrescentando ainda que o Agrupamento foi também distinguido pelo 3.º ano consecutivo como Eco-Agrupamento.

Já no Agrupamento de Escolas Gândara-Mar foram hasteadas bandeiras na EB1/JI da Tocha, EB2,3 João Garcia Bacelar, EB1/JI Sanguinheira e EB1 da Gesteira. Será importante destacar que o Agrupamento de Escolas Gândara-Mar foi distinguido pela 1.ª vez como Eco-Agrupamento.

Relativamente ao Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva (Cantanhede), o acontecimento teve lugar na EB1/JI de Cantanhede-Sul.

Foram também distinguidas com este galardão o Centro de Estudos Educativos de Ançã, a PRODECO – Centro Social de Covões e a Escola Técnico Profissional de Cantanhede. A este propósito será importante destacar o 2.º lugar da Escola Técnico Profissional de Cantanhede no concurso Poster Eco-código on-line.

Ainda no âmbito do “Global Action Days”, a Rede de Bibliotecas de Cantanhede dinamizou 8 sessões de animação pedagógica por diversas Eco-escolas do Concelho, sob o tema “O Planeta Limpo” de Filipe Pinto, abrangendo 940 crianças de educação pré-escolar e do 1º CEB.

 Galardões “Bandeiras Verdes 2017” foram atribuídos em Mafra

As insígnias foram entregues no decurso da Gala das Bandeiras Verdes Eco-escolas, evento que decorreu em Mafra, a 27 de Setembro, com a presença de representantes das diversas comunidades educativas que participaram no programa.

Os 17 estabelecimentos escolares do Município de Cantanhede envolvidos no Programa Eco-Escolas acabam de ser distinguidos com a Bandeira Verde atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa.

Inspirado nos princípios da Agenda 21 local, o Eco-Escolas é um programa internacional que visa promover a participação das crianças e jovens na tomada de decisões relacionadas com o ambiente, envolvendo-os assim na construção de uma comunidade mais sustentável.