Cordinhã volta a ser a capital do vinho

No próximo fim-de-semana celebra-se o vinho em Cordinhã. A aldeia bairradina recebe a XV Feira do Vinho e da Gastronomia, de 2 a 4 de Junho, com um conjunto variado de iniciativas e, como não podia deixar de ser, o melhor da gastronomia e da enologia regional.

Assim, logo na sexta-feira, dia 2, a Feira abre portas a partir das 19h30, seguindo-se um desfile e a actuação da Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede. A partir das 21h00 sobem ao palco o grupo folclórico “Os Malmequeres”, do Zambujal, e às 22h00 o grupo de cantares “1/2 Tuna”, da Pocariça. A noite continua ao som do grupo “Apolo III Trio Musical”, que promete meter todos a dançar.

Sábado, dia 3, a festa prossegue a partir das 18h00, com a abertura das tasquinhas e das barraquinhas de artesanato. Meia hora mais tarde, actua o grupo de bombos “Só Pedra”, de Portunhos e pelas 20h30 a Zumba invade o recinto da festa, com a professora Rosário.

A animação nocturna arranca com a actuação do Grupo Folclórico “Danças e Cantares” do Zambujal e do grupo de música e cantares “Alegria do Zambujeiro”, e encerra ao som da banda “Não faço Ydeia”.

Já domingo, dia 4, e último dia deste certame dedicado ao vinho, começam a ser servidos os almoços ao meio-dia. Da parte da tarde animação é o que não vai faltar, com os “Sopro Vinho”, o grupo de ginástica da ARCO Ourentela, a actuação do grupo de cavaquinhos “Tiro Liro”, do “Acrople” – Grupo de Cantares da Universidade Sénior de Coimbra, e do Grupo Típico de Cadima.

A Feira do Vinho encerra com baile ao som dos “Pinga o Vinho”, uma banda exclusiva da feira. Antes tem lugar a entregar dos prémios do Concurso de Vinhos da Colheita 2016.