Conferência em Cantanhede assinalou a importância do Afecto

Mais de 70 de participantes assistiram à iniciativa “Vamos falar sobre Afecto” que decorreu no auditório do Centro Paroquial de S. Pedro, no passado dia 15 de Fevereiro.

O evento inseriu-se no projecto “Tardes Comunitárias: Dar + Vida aos Anos”, que teve a sua apresentação a cargo da prestigiada psicóloga e professora universitária, Albertina Oliveira.

Na sessão, a oradora abordou questões relacionadas com a importância de receber e dar afecto, para o desenvolvimento pleno e saudável do indivíduo, desde o nascimento até à fase madura e orientou os presentes num exercício prático de mindfulness.

Sobre Albertina Lima de Oliveira

Albertina Lima de Oliveira é professora Auxiliar de Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, da Universidade de Coimbra, desde 2005. Licenciada em Psicologia e doutorada em Ciências da Educação, com especialização em Educação Permanente e Formação de Adultos, Albertina Oliveira lecciona disciplinas sobre a educação e desenvolvimento de adultos e idosos, designadamente, “Educação e Desenvolvimento Pessoal e Social do Adulto e Idoso”, “Concepção, Desenvolvimento e Avaliação de Programas Educativos para Adultos” e “Educação para o Mindfulness”.

Como investigadora, Albertina Oliveira coordenou a equipa da Universidade de Coimbra no âmbito do projecto europeu PALADIN (Promoting Active Learning and Aging of Disadvantage Seniors), financiado pela Comissão Europeia de 2009 a 2011.

É autora de diversos artigos e capítulos de livros publicados sobre a potenciação do bem-estar e qualidade de vida de adultos e idosos, bem como sobre o ensino superior.

Actualmente é investigadora integrada no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra.

Albertina Oliveira tem como interesses de investigação, as temáticas ligadas à promoção da autonomia, capacitação e bem-estar de adultos e idosos, fomento do bem-estar e qualidade de vida através de abordagens e programas de mindfulness, promoção do envelhecimento ativo e saudável e ao ensino-aprendizagem no contexto do ensino superior.