Coimbra: “A (re) fundação do Mosteiro e o Paço da Rainha” com inscrições esgotadas

O Mosteiro de Santa Clara-a-Velha abre esta quarta-feira, 18 de Maio, as suas portas para uma visita temática, intitulada “A (re)fundação do Mosteiro e o Paço da Rainha”.

O interesse pelo tema foi tanto que, a direcção regional da cultura do centro, informa que as inscrições se encontram esgotadas, tendo atingido o limite máximo de visitantes.

Recorde-se que esta visita integra o programa organizado pela Rede de Museus de Coimbra –“Percurso “Coimbra da Rainha”, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus.

No entanto, e apesar de já não ser possível participar na visita temática, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha estará aberto ao público em horário normal de visita, ou seja, das 10h00 às 19h00.

O Mosteiro recebe também, a partir desta quarta-feira, a exposição temporária “O que dizem os ossos exumados em Santa Clara-a-Velha” e que será inaugurada pelas 17h00.

Durante a inauguração será feita uma visita guiada e interpretada por Eugénia Cunha, especialista e consultora nacional para a Antropologia Forense do Instituto Nacional de Medicina Legal. Durante a visita serão explicados diversos aspectos relacionados com os modos de vida da comunidade Clarissa residente no Mosteiro, e o respectivo enquadramento histórico e sociológico.

Nesta exposição serão exibidos parte dos ossos exumados há vinte anos atrás, aquando das escavações realizadas na igreja do convento serão também mostradas algumas das peças arqueológicas associadas aos esqueletos e contadas algumas curiosidades do esqueleto humano. A exposição tem curadoria de Eugénia Cunha e de António Curate e pode ser visitada no horário de abertura ao público do Mosteiro de Santa Clara- a- Velha, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 19h00.