CIM Região de Coimbra, Figueira da Foz, Cantanhede e Mira vão criar Ecopista no litoral

O Turismo de Portugal acolheu positivamente a proposta de execução do percurso da Ecopista, nos Municípios da Figueira da Foz, Cantanhede e Mira, que permitirá ligar os referidos Municípios à rota Eurovelo 1, que integra a rede Europeia de Ciclovias, constituída actualmente por 15 rotas cicláveis de longa distância que cruzam o continente Europeu.

Na reunião realizada em Lisboa, os representantes da CIM Região de Coimbra e dos três Municípios foram incentivados pelo Turismo de Portugal a desenvolver o projecto destinado à valorização da oferta de Cycling & Walking atráves da ligação intermunicipal entre a Ecopista do Dão, Ecovia do Mondego, Ecopista do Vouga e Eurovelo 1 e que contribuirá fortemente para o aumento da atractividade turística destes territórios e do país.

Ao assegurar a conclusão da malha da Eurovelo 1 – Rota da Costa Atlântica – no território da CIM Região de Coimbra, a proposta, que será candidatada ao Programa Valorizar, permite a adequação das características naturais e potencialidades do território à criação de novas abordagens turísticas, com reflexos no impulso de novas actividades económicas ligadas ao turismo.

Nos objectivos da iniciativa, que cruza com outros projectos da CIM Região de Coimbra, incluem-se a promoção da conexão aos Portuguese Trails, turismo de natureza, bem como o reconhecimento internacional da marca, conhecimento do território e a valorização dos recursos endógenos.

Permitindo a circulação em cerca de 83 km, o percurso estende-se ao longo da costa atlântica entre o limite Norte do município de Mira e o limite Sul do município da Figueira da Foz, apresentando uma forte potencialidade e interesse para o turismo e para o lazer, visando potenciar e valorizar turisticamente a Região de Coimbra e a Região Centro.

A execução deste projecto, que representa um investimento de 1 milhão e 250 mil euros, torna-se, assim, decisivo para a conclusão do percurso da Eurovelo1, estando o mesmo devidamente conectado, a Norte e a Sul, com os concelhos limítrofes, de forma a garantir a continuidade da rota.

O projecto da CIM Região de Coimbra pretende potenciar as características naturais únicas deste território através da perfeita simbiose com a Costa Atlântica e constituir-se-à como um projecto absolutamente estruturante para a valorização turística.

Permitirá estabelecer a ligação ciclável entre a futura ligação à ciclovia do Mondego entre Coimbra e Figueira da Foz (cujos projetos técnicos já estão elaborados), a Ecovia do Mondego (projecto em curso), a Ecopista do Dão (já construída) e a Ecopista do Vouga, por forma a tornar ciclável a médio prazo o eixo circular entre Aveiro, Coimbra e Viseu, concretizando um dos mais arrojados projectos turísticos a nível nacional e internacional.

Através deste projecto será assim possível, para já, efectuar a ligação ciclável entre Cantanhede, Mira e Figueira da Foz, percorrendo 3 municípios. É um projecto absolutamente único e inovador, projectando nacional e internacionalmente este território enquanto destino turístico de excelência de Cycling & Walking e de natureza, estando perfeitamente alinhada e conectada com a iniciativa Portuguese Trails do Turismo de Portugal, que pretende alavancar e comunicar internacionalmente as atividades de Turismo de Natureza.