Ciclo de Teatro Amador do Concelho com espectáculos em Cantanhede, Sanguinheira, Covões e Franciscas

A próxima jornada do 19.º Ciclo de Teatro Amador do Concelho de Cantanhede tem programadas para este fim-de-semana mais quatro actuações, duas das quais serão estreias no certame, designadamente as do Grupo de Teatro “Renascer” da Sanguinheira e do Grupo de Teatro “Os Esticadinhos” de Cantanhede, neste caso um regresso depois de algumas edições de ausência. Em itinerância vão estar o GATT – Grupo Amador de Teatro da Tocha e o Novo Rumo – Grupo Teatro de Amadores de Ançã, que irão apresentar as suas peças nas comunidades de duas entidades congéneres.

No sábado, às 21h30, o Grupo de Teatro “Renascer” apresenta no salão Paroquial da Sanguinheira uma nova edição do TVG – Televisão Gandaresa, espectáculo constituído por vários sketches que têm como fio condutor uma emissão televisiva com divertidos e diversificados conteúdos: As Lições do Tonecas, Telejornal e Casting dos Cromos são algumas das propostas de uma grelha de programas que também contempla compromissos publicitários.

Também no sábado, igualmente às 21h30, o Grupo de Teatro “Os Esticadinhos” estreia na sua sede Henrique V Que Queria Ser o Primeiro, a partir do texto original do dramaturgo brasileiro Emílio Boechat. Esta divertida comédia relata a guerra de poder entre Henrique V, Rei da Escócia, e Luís I, Rei de França, abordando as principais implicações de um processo dessa natureza numa narrativa que dá conta das aventuras e desventuras amorosas próprias da história. Será a Rainha Elisabeth quem por fim assumirá o poder e o governo de Inglaterra, casando posteriormente com o Rei de França, o que conduz à união de ambas as coroas reais.

No domingo, às 15h30, o GATT – Grupo Amador de Teatro da Tocha sobe ao palco do auditório da Filarmónica de Covões para representar As Duas Cartas. Trata-se de uma comédia de costumes a partir de um texto original de Júlio Dinis que tem a acção centrada em dois jovens de classes sociais completamente diferentes que lutam pela conquista da mesma donzela. A troca involuntária de sobrescritos, cujos conteúdos são completamente antagónicos, proporciona um conjunto de peripécias e equívocos que, após os devidos esclarecimentos, proporcionam um final feliz.

Ainda no domingo, 26 de Março, o Novo Rumo – Grupo de Teatro de Amadores de Ançã actua na sede da Associação do Grupo Musical das Franciscas pelas 15h30. Em cena vai estar A Bela e o Monstro, comédia da autoria de Steve Johnston cuja acção decorre na pacata aldeia de Brescos (Alentejo). Vicente Leão, um alentejano rico, apaixona-se por Preciosa, uma pobre moça que vem servir para sua casa, onde Dona Custódia, a governanta, alimenta há muito uma paixão não correspondida pelo patrão. Maquiavélica e astuta, Custódia tenta de tudo para afastar Preciosa de Leão, desde as poções mágicas do Dr. Albright, charlatão lá do sítio, aos conselhos da bruxa Judite, entre outros sortilégios desta hilariante história em que realidade e fantasia se cruzam a cada cena.