Chuva fez adiar concerto conjunto das filarmónicas de Ançã, Covões e Pocariça

A chuva que se fez sentir em Cantanhede no passado sábado, 24 de Setembro, impediu a realização do Triunvirato Filarmónico, obrigando ao seu adiamento para outra data que será decidida em função das entidades intervenientes, designadamente a Phylarmonica Ançanense, a Filarmónica de Covões e a Associação Musical da Pocariça.

Às 21h30, muita gente aguardava na Praça Marquês Marialva a realização do concerto, mas a elevada precipitação que se abateu sobre o público levou a Câmara Municipal, em consonância com os presidentes e os maestros das bandas, a decidir pelo seu cancelamento.

Outra solução chegou a ser ponderada, nomeadamente a transposição do espectáculo para um espaço coberto, mas porque isso comprometeria a qualidade e não se afigurava fácil acomodar rapidamente os 170 músicos num palco, além da dificuldade em garantir ao público condições adequadas em termos acústicos e de comodidade, houve unanimidade no seu adiamento para data a definir.

O Triunvirato Filarmónico é resultado de um desafio lançado pela Câmara Municipal às filarmónicas do concelho, que prontamente responderam com grande entusiasmo dando conta do seu interesse em participarem neste singular intercâmbio artístico.

Segundo a organização, o objectivo é apresentar um evento representativo da dinâmica associativa do concelho no campo da música, neste caso através da assinalável disponibilidade das três centenárias bandas filarmónicas em cooperarem na afirmação dos bens e valores da cultura que lhes são comuns.

O programa do concerto a agendar oportunamente contemplará a interpretação de composições orquestrais de vários compositores entre as quais, a encerrar, o Hino de Cantanhede, da autoria do Capitão Amílcar Morais e letra de Maria de Lurdes Alves dos Santos.

A actuação conjunta da Phylarmonica Ançanense, da Filarmónica de Covões e da Associação Musical da Pocariça dá sequência ao encontro de bandas que tem vindo a realizar-se há vários anos, também promovido pela Câmara Municipal. Embora o espírito que preside ao Triunvirato Filarmónico seja o mesmo, as exigências são maiores com a interpretação conjunta da totalidade do programa, o que nesse evento percursor só acontecia num dos temas.

Comments are closed.