CEARTE comemora 30 anos com grande evento cultural em Coimbra

Para encerrar as actividades comemorativas do seu 30.º aniversário, o CEARTE vai realizar amanhã (quarta-feira), dia 7 de Junho, um evento cultural. A iniciativa vai ter lugar na Antiga Igreja do Convento de S. Francisco e vai contar com a participação de 300 pessoas, entre os quais o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, os Presidentes das Câmaras Municipais de Coimbra, Alvaiázere e Miranda do Corvo, o Presidente do Conselho Diretivo, o Delegado Regional do IEFP, IP, entre outras entidades.

De acordo com um comunicado enviado ao AuriNegra, o evento “assinala o relevante trabalho do CEARTE na área da qualificação e valorização dos artesãos portugueses e, desse modo, na afirmação do artesanato e do património, enquanto elementos fundamentais para a afirmação do território, para o desenvolvimento sustentado do tecido económico e social, para a criação de emprego e riqueza e para a defesa e projeção da identidade de cada região e do país”.

Para além da sessão solene, a cerimónia inclui quatro exposições, intituladas “30 anos do CEARTE”, ” Startups no Artesanato”, “Empreendedorismo social e criativo” e “Produções Artesanais Certificadas”, que vão ser instaladas nos altares laterais da igreja e mostrar, através de peças, como a acção do CEARTE “acrescenta valor aos produtos tradicionais e endógenos, dando um enquadramento ímpar ao artesanato português que hoje se apresenta sofisticado, criativo e apelativo”.

As exposições mostram ainda trabalhos de startups no artesanato recentemente lançadas e quatro projectos de empreendedorismo social e criativo, “que visaram a criação de iniciativas económicas, solidárias e sustentáveis com vista ao combate à exclusão social através da criação de emprego”: o CRIARTE – manufactura de produtos tradicionais têxteis e brinquedos didáticos para crianças com baixa visão promovido por mulheres residentes nos bairros sociais da Rosa e do Ingote em Coimbra; o Ergue-te – produtos de marca registada manufaturados por mulheres em percurso de inserção social; a Sabão com Arte – negócio social na área do fabrico e comercialização de sabão artesanal promovido por jovens NEET provenientes de contextos socioeconómicos mais vulneráveis; e a Trabalho pro Boneco – concepção, manufatura e comercialização de espectáculos e brinquedos promovido por jovens NEET do concelho de Valongo.

Haverá ainda uma exposição de “produtos artesanais certificados”, que inclui desde bordados de Castelo Branco a Olaria de Barcelos; num sistema que “visa promover a genuinidade e qualidade das produções tradicionais, salvaguardando o artesanato português da contrafação e da concorrência desigual de produtos similares que, muitas vezes, usurpam o nome e o prestígio dos que são genuínos confundindo o próprio consumidor”.

30 anos a empreender com raízes no passado e asas de futuro

Nos últimos 30 anos, potenciando as qualificações e as competências da formação, o CEARTE ajudou milhares de jovens e adultos a integrar, com sucesso, o mercado de trabalho.

Muitos, associando as suas capacidades empreendedoras às oportunidades do sector do artesanato, arriscaram a criação de empresas, encontrando nas artes e ofícios a realização profissional e o seu futuro.

“Exemplificamos isso mesmo com 30 unidades produtivas artesanais de sucesso, demonstrativas de tantas outras, criadas nestes 30 anos, e que, para além de constituírem o modo de vida de muitas famílias, renovaram e modernizaram o sector do artesanato e contribuem, à sua escala, para a construção de um país mais moderno e mais coeso socialmente, ancorado nos seus recursos patrimoniais, identitários e diferenciadores”, refere o CEARTE.

  • Lançamento do livro “CEARTE 30 anos Memória e Futuro”

 

Durante a cerimónia vai ser apresentado e oferecido aos participantes o livro “CEARTE 30 anos Memória e Futuro”, que procura sistematizar um pouco da história do Centro e perspectivar algumas pistas de futuro. Este é um livro “singular porque é escrito não por um só autor mas sim a muitas mãos. São 60 as pessoas/cearteanos que deram o seu contributo, desde o fundador aos formandos”.

“Neste livro, comprova-se como as mudanças significativas que o artesanato conheceu nos últimos anos têm o cunho do CEARTE. De facto, o trabalho continuado e sustentado na evolução dos modos de aprendizagem e da formação profissional, a organização e regulamentação, o reconhecimento e acesso à profissão foram decisivos nos caminhos da qualificação, inovação e modernização que o sector e os seus profissionais estão hoje a trilhar”.

Desfile de moda “Recriar Tradições”

Para além desta cerimónia solene, também no dia 7 de Junho pelas 21h30, e com o objectivo de dar a conhecer a toda a cidade uma parte do trabalho do CEARTE, o Centro realiza, no âmbito da Feira Cultural no Parque Verde, o Desfile de Moda “Recriar Tradições” onde desfilam 40 coordenados concebidos e executados na formação do CEARTE, alguns dos quais vencedores de prémios nacionais e internacionais, e que mostram como, valorizando as matérias-primas tradicionais e o saber fazer artesanal, se obtêm roupas e acessórios inovadores de elevada qualidade técnica e estética, compondo looks sofisticados de peças únicas, com valor patrimonial e identitário muito forte.

 

Programa

Cerimonia presidida pelo  Ministro da Cultura, que terá o seguinte programa:

  • 09h30

Recepção, com coffee-break servido pelos cursos de Restauração de SemideOferta  do livro “CEARTE 30 anos memoria e futuro”

  • 10h00

Visita às Exposições (vídeo CEARTE vai passando enquanto se visita a exposição)”30 anos do CEARTE”, “StartUps no artesanato”, “Empreendedorismo social e criativo” e “Produções Artesanais Certificadas”

  •  10h30 Cerimónia

Apresentação Multimédia – “CEARTE 30 anos a empreender”

Testemunhos de ex-formandos (Isabel Lacerda – ex-formanda de Olaria de 1987 e ceramista reconhecida internacionalmente com o Olaria Isabel Lacerda desde 1993 e Mafalda Fragoso formanda do curso Técnico Especialista de Conservação e Restauro de Madeiras)Testemunhos de parceiros

Leandro Coutinho – Presidente da FPAO – Federação Portuguesa de Artes e Ofícios

João Carlos Pinho – Presidente da ADRIMAG – Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Serras do Montemuro, Arada e Gralheira)

Apresentação do livro “CEARTE 30 anos”

Momento musical pelo Conservatório de Musica de Coimbra – Oboé acompanhado de piano

  • 11h45 Sessão solene

Paulo Teles Marques – Presidente do Conselho de Administração do CEARTE

Pe. Luís Costa – Presidente da Cáritas Diocesana de Coimbra, Presidente do IEFP.IP

Professora Doutora Rosa Reis Marques – Vice-Presidente da Câmara Municipal de Coimbra

Dr. João Ataíde – Presidente da CIM Região de Coimbra

Dr. Pedro Machado – Presidente do Turismo Centro de Portugal

Professora Doutora Ana Abrunhosa – Presidente da CCDRC

Dr. António Valadas da Silva – Presidente do IEFP, IP

13h00 Encerramento

Sua Excelência o Ministro da Cultura – Dr. Luís Filipe de Castro Mendes (a confirmar)

13h15 Desfile de Moda Têxtil Artesanal – Recriar Tradições

13h30 Almoço servido pelos cursos de Restauração do CEARTE