Cearte celebra 30 anos e homenageia campeões

No passado dia 1 de Julho, o Cearte assinalou os seus 30 anos de existência numa cerimónia que teve lugar nos claustros do Convento de Santa Maria de Semide e que serviu ainda para homenagear alguns dos melhores alunos que passaram pelo Centro.

No total foram dez os jovens homenageados e que, desde 2000, representaram o Centro nos campeonatos nacionais, europeus e mundiais de formação profissional, tendo obtido lugares de pódio – Campeões Nacionais e medalhas a nível europeu.

 

Foram eles: Miguel Ribeiro (Campeão Nacional em marcenaria e representante de Portugal nos Campeonatos Mundiais das Profissões na Coreia em 2000), Tomás Ponte (Campeão Nacional em marcenaria e representante de Portugal nos Campeonatos Europeus das Profissões em 2001), Sérgio Brandão (Campeão Nacional em marcenaria e medalha de excelência nos campeonatos do mundo na Suíça em 2003), Joel Brás (Campeão Nacional em marcenaria e medalha de prata nos campeonatos europeus em 2010), Nelson Martins (Campeão Nacional de jardinagem em 2012), Cláudia Carvalho (Campeã Nacional de mesa/bar, medalha de excelência no europeu em 2012), Jorge Silva (Campeão Nacional de mesa/bar, medalha de excelência no europeu em 2014 e representante de Portugal no mundial no Rio de Janeiro em 2015), Carolina Mendes (Campeã Região Centro – Jovens Talentos da Gastronomia em 2016), Beatriz Carvalho (Campeã Região Centro de Mesa/Bar em 2016) e Diogo Rodrigues (Campeão Região Centro de cozinha em 2016).

Dirigindo-se aos homenageados, o Diretor do Centro, Luís Rocha, referiu: “Graças a vós, o Cearte e Miranda do Corvo são conhecidos em Portugal e na Europa por formar campeões, que demonstram que podemos hastear a Bandeira portuguesa em qualquer lugar do mundo, com orgulho e com honra”.

“Os vossos resultados, em competição com os melhores dos melhores em Portugal, na Europa e no Mundo, são bem representativos e comprovam a qualidade da formação profissional”, acrescentou.

Também presente na cerimónia, o Delegado Regional do Centro referiu-se ao Cearte como um “Centro de Formação modelo e uma referência na Região e no país, com quem se pode contar sempre para formar os profissionais, os desempregados e os jovens da região, promovendo a qualificação e o emprego. É um centro que se destaca pela qualidade, pelos recursos, pelo know how, equipamentos, resposta rápida e flexível e bons resultados em diversas áreas”

Já o Presidente da Câmara Municipal de Miranda do Corvo, Miguel Batista, disse “ser uma grande honra para o concelho o trabalho, o papel e os resultados do Cearte nestes 30 anos. O Cearte é uma instituição que contribui decisivamente para o desenvolvimento do concelho e da região ao formar os recursos mais importantes – as pessoas.”

O autarca terminou a sua intervenção referindo que o Claustro quinhentista que recebeu a cerimónia é “uma mais-valia” e que a Câmara tudo fará para levar a cabo a 3.ª fase das obras, permitindo uma melhoria das condições de funcionamento do Polo de Formação do Cearte em Semide, criando melhores condições formativas para os cerca de 450 formandos que anualmente passam pelo Centro e alargando a intervenção formativa a outras áreas”.