Carlos Faro deixa Biocant para assumir desafio internacional

Carlos Faro deixa o cargo de Director do Biocant para se dedicar ao projecto de internacionalização da Somorelate, uma nova empresa de capitais estrangeiros para investimento em Biotecnologia e que será responsável pelo franchising internacional do Biocant.

“Ao fim de 12 anos na liderança do Biocant chegou a altura de aceitar um novo desafio. Sei que deixo uma obra importante que mudou completamente a reputação e a estrutura económica de Cantanhede. Tive enorme prazer em realizar o projecto – que antecipou uma clara necessidade futura – na forma e no tempo previsto, contra todas as expectativas”.

Com mais de 300 pessoas altamente qualificadas, um centro de investigação e desenvolvimento de referência (UC-Biotech), 40% das empresas nacionais de biotecnologia e o crescente interesse de empresas e investidores estrangeiros, o Biocant é hoje a referência nacional do sector e um bom exemplo de aplicação de fundos comunitários.

Carlos Faro será substituído nas suas funções por João Moura, actual presidente do conselho de administração, que inicia agora funções executivas no Biocant. “O maior risco que o Prof. João Moura enfrenta é fechar o Biocant sobre si próprio. Se vencer este desafio estou certo que terá o merecido sucesso. Irá contar com todo o meu apoio” afirmou Carlos Faro.

Na despedida Carlos Faro deixa um agradecimento especial à Câmara Municipal de Cantanhede, à Universidade de Coimbra e ao Centro de Neurociências e Biologia Celular, à CCDRC e em particular a toda a equipa com quem teve o privilégio de trabalhar ao longo destes anos. “Sem talento não há sucesso. E o segredo do Biocant foi contar sempre com os mais talentosos, dentro e fora de portas”.