Febres recebe espectáculo que homenageia pescadores portugueses

No âmbito do programa ‘Coimbra Região de Cultura’, ‘Quando o homem lavrava o mar’ vai ser apresentado no Pavilhão Multiusos de Febres, no próximo sábado, 19 de Janeiro, pelas 21h30. É um espectáculo musical de Fernando Mota que pretende homenagear os pescadores portugueses. A entrada é livre.

‘Quando o homem lavrava o mar’ promove um diálogo entre música, poesia e imagens sobre a pesca e o marO seu universo musical é composto por peças instrumentais e canções inspiradas na música tradicional portuguesa, bem como composições mais experimentais, criadas com sons da natureza e objectos do quotidiano.

Além do som da água, utilizado e tocado de diversas formas, uma das presenças mais fortes neste espectáculo é a das latas de conserva. Na sua génese, o projecto contou com o apoio da Cofaco, grupo que detém as marcas Bom Petisco, Fiel, Bom Amigo, entre outras, que gentilmente cedeu o material com o qual foram construídos o Bompetiscofone e a Rede Enlatada, duas esculturas sonoras de grandes dimensões utilizadas no espectáculo.

Algumas canções compostas especialmente para este espectáculo foram criadas a partir de poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, dos livros ‘Mar’, ‘Coral’ e ‘Navegações’.

‘Quando o homem lavrava o mar’ tem uma forte componente visual, sendo projectadas fotografias, vídeos e excertos de filmes do Arquivo Municipal Fotográfico Américo Ribeiro (Setúbal), do Arquivo do Museu Marítimo de Ílhavo e dos artistas James Knight-Smith, Allan Villiers e Michel Giacometti.

Coimbra Região de Cultura‘ é uma rede de programação patrimonial e cultural que está a implementar mais de 150 iniciativas,  sempre com entrada livre, nos 19 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

Teatro, música e dança são algumas das artes que se cruzam nesta rede de iniciativas pluridisciplinares que integra espaços patrimoniais, museológicos, centros históricos e recintos culturais, promovendo a valorizaçãturística dos bens patrimoniais da Região.

‘Coimbra Região de Cultura’ é cofinanciado pelo CENTRO 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).