Câmara de Cantanhede aprovou alteração ao Plano de Urbanização da cidade

A Câmara Municipal de Cantanhede aprovou uma alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Cantanhede com incidência a dois aspectos particulares do regulamento em vigor.

O primeiro, e mais relevante, diz respeito ao aumento, de 10 para 15 metros, da altura máxima das construções na Zona Industrial de Cantanhede. Trata-se de uma mudança que decorre, essencialmente, da necessidade de criar condições para que as empresas que pretendem instalar-se possam desenvolver os seus projectos com pé direito suficiente para permitir a instalação de equipamentos, maquinarias e pórticos rolantes de movimentação de carga.

O outro aspecto consiste na correcção de algumas situações detectadas no âmbito da gestão urbanística e destina-se a facilitar a adequabilidade dos processos à realidade dos procedimentos urbanísticos, nomeadamente no que concerne às condições de aproveitamento dos sótãos e construção de anexos.

Esta segunda alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Cantanhede aprovada pelo executivo municipal leva em linha de conta a respectiva ponderação dos resultados obtidos no inquérito público realizado de 20 Junho a 15 de Julho último, e será agora submetida à aprovação da Assembleia Municipal, na reunião plenária do próximo dia 16 de Setembro, seguindo depois para publicação no Diário da República.